h1

Idéias que promovem uma humildade eficaz

Fevereiro 8, 2009

Na postagem anterior perguntei como escapar da armadilha. Convido então os leitores a trazer idéias que possam manter líderes longe do risco de se tornarem arrogantes em virtude do poder conferido. Seguem alguma para começarmos:

1. Vou iniciar com algumas das provocações mencionadas por Jeffrey Pfeffer: encorage e recompense a dissidência. Sei que é mais fácil dizer do que fazer… para falar a verdade é extremamente difícil e de fato pode beirar um ambiente anárquico. Como alternativa à ter um exército de dissidentes, um líder pode cultivar um círculo de confiança (conselheiros de todos os níveis, tanto de dentro quanto de fora da organização). Ao final, podemos sempre apostar nos amigos mais próximos para nos manter com os pés no chão…

2. Dedique tempo com os clientes. Não estou falando sobre visitas formais aos executivos-chave dos seus clientes preferidos. Saia com seus representantes de vendas; sente-se e ouça as ligações do seu call center; faça um “tour” pelo negócios dos seus clientes e veja como eles utilizam o seu produto; seja um “mistery shopper” dos seus produtos ou serviços.

3. Leia e responda seu próprio email. Incentive os funcionários de todos os níveis a enviarem mensagens com perguntas, preocupações e sugestões. Deixe os funcionários cientes que você pode não conseguir responder cada um deles mas que você vai ler absolutamente todos.

4. Seja visível e acessível. Almoce no refeitório da empresa; participe dos eventos; apareça nos programas de treinamento. Não apenas sente com outros executivos – escolha um lugar por sua conta e convide os funcionários para acompanhá-lo, ou mesmo pergunte se pode se juntar à eles.

5. Tenha bate papos regulares com funcionarios selecionados ao acaso. E, por favor, não centralize a conversa, ou melhor, fale o menos possível nestas ocasiões. Tenho visto executivos ao fazer este tipo de coisa, falar sobre a estratégia da empresa, lançar um par de perguntas e partir. Enquanto eles podem ter deixado um impacto positivo – o que é ótimo -por outro lado eles não aprenderam nada. Pergunte um monte e ouça mais ainda.

6. Mergulhe em profundidade e com regularidade em tantos departamentos quanto possível. Dedique de meio dia a um dia inteiro se reunindo com tantas pessoas quanto possivel, passeando pelo escritorio, ouvindo apresentações, fazendo perguntas, olhando “sob o capô” e “checando os pneus”.

7. Ligue para a agência de viagens da empresa e organize uma viagem. Leve um punhado dos seus gerentes com você. Visite tantos escritórios quanto possivel. Dedique tempo com seus clientes, times gerenciais locais, “high potentials” e outros stakeholders locais chave. Participe de todos os encontros com funcionários, tours formais e, quando possível, separe-se dos “anfitriões” e apenas circule e faça perguntas.

8. Conduza pesquisas regulares com funcionarios e clientes. Não leia apenas o sumário executivo – estude os dados, leia os comentarios originais e faça perguntas.

9. Contrate um coach executivo que esteja disposto a desafiá-lo e a judá-lo a ver como realmente as coisas são.

10. Alavanque o seu networking. Comece com seu próprio blog. Providencie um fórum confidencial onde clientes e funcionários podem postar comentários.

O que funcionou no seu caso? Como você manteve os pés no chão, modesto, e conectado com a realidade? O que você viu CEOs e outros líderes fazerem para evitar a arrogância do poder? Compartilhe!

Anúncios

Expresse sua opinião

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: