h1

Gamão

Abril 14, 2009

Li esta pequena crônica no site Tribo do Mouse e gostei. Segue Jack DelaVega para vocês:

“Sentei para observar enquanto ele terminava a partida. Era como se eu não estivesse ali. Os dados eram jogados e as pedras movidas com rapidez, o olhar não perdia o foco por detrás das lentes grossas dos óculos.
Ploc, Ploc, Ploc.
Em menos de cinco minutos estava acabado. Foi quando ele ergueu as sobrancelhas, me encarou e abriu um sorriso.
– Olá, desculpe fazê-lo esperar.
– Que é isso, eu que agradeço novamente pela disponibilidade do senhor em me receber.
– Acho que já é tempo de deixarmos de formalidades, por favor, sente-se.
Começamos a conversar enquanto ele reorganizava as peças do jogo. Eu estava ansioso por compartilhar as boas notícias:
– Recebi uma promoção.
Seu rosto iluminou-se com genuíno contentamento.
– Meus parabéns. Tenho certeza de que foi merecida.
– Na verdade, é sobre isso que eu gostaria de conversar hoje. Tenho recebido bastante suporte do meu chefe, ele inclusive me apresentou ao senhor. Desculpe, a você. Sinto que estou crescendo, mas quando vejo meus colegas fico pensando se não é apenas sorte. Será que eu obteria os mesmos resultados se estivesse trabalhando com outras pessoas, com outro chefe?
– Você joga Gamão?
Ele parecia não me ouvir. Respondi tentando esconder a frustração:
– Não, nunca aprendi. Jogávamos Xadrez lá em casa.
– Xadrez é um grande jogo. O jogo dos reis. Pena que não retrate bem a realidade.
O velho tinha um talento para questionar as minhas certezas e foi falar mal logo do Xadrez, o jogo que meu pai me ensinou. Não me contive e parti para a defesa:
– Como assim? O Xadrez foi criado justamente para reproduzir o prazer estratégico de um campo de batalha. Não conheço jogo que retrate a realidade melhor do que ele.
– É verdade. Porém, o Xadrez tem uma falha grave, não leva em consideração o fator aleatório. Não existe sorte no Xadrez, apenas técnica. Não é assim que o mundo se comporta. Por essa razão, eu prefiro o Gamão.Ele até que tinha um ponto, mas estava divergindo da conversa.
– Podemos voltar ao meu questionamento inicial? – Pensei que estivéssemos falando disso. Você mencionou que acredita que teve sorte na sua carreira, você conhece a origem da palavra sorte em hebraico?- Não.- Sorte, ou “Mazal” origina-se de três outras palavras: Makon que significa lugar, Zman, tempo, e Limud, estudo. Portanto, sorte significa estar no lugar certo, no tempo certo e de posse de um determinado conhecimento. Sendo assim concordo que você teve sorte pois, como a própria palavra define, estar no lugar certo na hora certa de nada adianta se você não estiver devidamente preparado.
E concluiu:
– Preocupe-se com estar preparado e deixe de lado as coisas que você não consegue controlar. Como está o seu tempo hoje?
– Tranquilo.
Respondi sorrindo, feliz com a sensação de que já havia ganhado o dia.
– Então prepare-se, pois hoje você vai aprender a jogar Gamão.”
Anúncios

Expresse sua opinião

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: