h1

Filosofia como Remédio para o Desemprego

Abril 27, 2009

j0227716 

Segue critica do livro “Filosofia como Remédio para o Desemprego’’ para aqueles que buscam ampliar o leque de respostas ao cenario atual:

“27 de Abril de 2009 – Não é de hoje que a cada semana um novo remédio ou solução de auto-ajuda para a tensão do desemprego é lançado. Ainda não existem pílulas específicas, pelo menos com prescrição na bula, mas que um antidepressivo vez por outra é receitado, não restam dúvidas.

Recorrer às pílulas da felicidade é uma saída, do tipo “me engana que eu gosto’’, para aqueles que perderam ou temem perder o chão, o norte, o sentido de suas vidas, o sobrenome, o status e as benesses de uma vida aparentemente segura nos portos corporativos.

Acontece que o buraco é mais embaixo, mais profundo e doloroso como, com perdão da expressão, uma “dor de corno” incessante. Anos a fio de dedicação, envolvimento e comprometimento são repentinamente, na visão de quem está no paredão, descartados, como um copo de plástico no recipiente dos recicláveis, ou simplesmente na lata de lixo mais próxima.

Ah, como são felizes aqueles depositados nos recicláveis, aqueles que ainda podem ser reutilizados, reaproveitados, reprocessados por intermédio dos “outplacements” da vida. Ainda há uma luz no fim do túnel. Tudo é relativo, pior seria bater nas portas das agências de (des)emprego ou fazer uso da coleção de cartões de visita de pessoas que você nem se lembra e que, com certeza, também não se lembram de você.

Vida de “between jobs”, de “estou no mercado”, ou de qualquer outra denominação para desempregado, é dura, quem passou sabe, e, infelizmente, este é um futuro reservado para a maioria de nós, simples mortais.

Não estou desempregado e nem pretendo, já estive e não recomendo, e foi pensando no tempo nebuloso pelo qual passei que comprei, com boa dose de ceticismo, o livro “Filosofia como Remédio para o Desemprego’’. Tive boas surpresas com a leitura. O autor, um ex-diretor de comunicação de uma companhia aérea francesa se alista voluntariamente às hordas dos desempregados depois que a empresa foi comprada por outra maior.

Cabem aqui dois apartes. Primeiro, “ex” é um prefixo de negação ou uma multiplicação por zero quando se trata da busca por trabalho. “Ex” é igual a nada! Segundo, planos de demissão voluntária são tão atrativos quanto nossa prepotência.

Voltemos ao livro, frente a frente com a longa dificuldade de recolocação, apesar da formação, experiência, vocação e vários outros predicados que o mercado estaria supostamente ávido por contratar, o autor resolve visitar textos filosóficos com os quais a muito não tinha contato. Refletindo sobre temas que vão da finitude a amar demais, uma relação entre a experiência pessoal de desempregado e os textos filosóficos é tecida com bastante simplicidade.

Em que pese que a introdução a cada um dos filósofos escolhidos seja diminuta, se fosse escolher um tema, não hesitaria em dizer que a finitude deveria ser o questionamento fundamental em nossa vida profissional. Mais dia menos dia, o que era certo e seguro, simplesmente acaba, e nossa história na empresa se esvai pouco a pouco até o total esquecimento. Se para morrer basta estar vivo, para ser desempregado não é diferente, e o que podemos aprender visitando os filósofos é como conviver com o espectro do que é inexorável.

(Gazeta Mercantil/Caderno D – Pág. 7)(Leonardo Vils – Vice-presidente da GIII, palestrante, autor de “A Organização dos Bichos”e sócio do site businesscom.com.br.E-mail: leovils@giii.com.br)”

P.S. – Realizar uma transição para uma nova posição com confiança e sucesso faz parte das possibilidades que o Coaching Executivo oferece. Visite http://www.room4d.com.br e obtenha mais informações.

Anúncios

Expresse sua opinião

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: