Archive for Agosto, 2009

h1

Escalando os Degraus da Hierarquia

Agosto 31, 2009

j0386380Ser promovido de uma posição gerencial para uma posição gerencial mais alta é semelhante a qualquer outra promoção com uma exceção. Você precisa demonstrar que você está pronto para esta nova função. Você tem que provar que é o melhor candidato. Você tem que bater a concorrência. Alem disso, como se não bastasse, você tem que ter alguém pronto para a posição que você vai deixar em aberto.

Esteja Qualificado

Antes de você poder ser promovido, você tem que estar fundamentalmente qualificado. Nenhum chefe vai promovê-lo para uma posição gerencial se ele não acreditar que você tem o que é preciso para ser bem sucedido nesta função.

  • Você tem as habilidades?
  • Você tem a experiência
  • Você tem o treinamento?

Você pode se imaginar no novo papel? Os outros podem imaginar você executando com êxito esse papel? Então você tem que provar que é a melhor escolha entre todos os candidatos qualificados.

Seja o Melhor Candidato

Dependendo da posição  e da empresa, é muito provável que existam vários candidatos qualificados para qualquer posição gerencial em aberto. Se você quer a posição, você terá que provar que você é o melhor candidato.

  • O que torna você mais qualificado que os outros candidatos?
  • O que torna você uma escolha melhor para a empresa que os demais?
  • Por que o trabalho do seu chefe ficaria mais fácil se você fosse o escolhido para a posição?

Você pode ser qualificado para a nova posição, mas isso não é o suficiente. Você tem que ser o mais qualificado e tem que provar isso ao gerente de recrutamento e seleção.

Seja Substituível

Qualquer promoção vai demandar que você atenda os critérios acima. Entretanto, para ser promovido de uma posição gerencial para uma outra mais alta, você terá também que mostrar que você pode ser substituido. Seu atual chefe não vai deixar você ser promovido (ele não vai recomendar ou apoiar tal decisão) se sua promoção fizer a vida dele mais difícil.

Se não há ninguém pronto para “saltar dentro” e assumir sua posição gerencial atual, suas chances de ser promovido são ínfimas. Portanto se você quer ser promovido, você deve assumir um risco. Você deve treinar e desenvolver um ou mais dos seus subordinados de modo a que estajam aptos para o novo desafio quando você partir.

O risco, é claro, é que um deles assuma a sua posição antes de você estar pronto. Mas parte do trabalho de um gerente é a habilidade de gerenciar riscos. Neste caso, você gerencia o risco sendo melhor no seu trabalho do eles seriam. Portanto, se você quiser ser promovido para uma posição gerencial mais alta, você deve treinar o seu substituto.

Seja Promovível

Se você é um gerente, e quer ser promovido, se assegure de:

  • Estar qualificado
  • Ser o melhor candidato
  • Provar que você é o melhor candidato
  • Ter um substituto à altura pronto
Anúncios
h1

Escalando os Degraus da Hierarquia

Agosto 31, 2009

Então você tem sido gerente por um tempo e agora acha que está na hora de uma posição mais alta. Você está pronto? Você pode ser promovido? Leia Escalando os Degraus da Hierarquia para encontrar o ponto pelo qual uma promoção para uma posição gerencial mais alta é diferente de qualquer outra promoção.

h1

Gerentes não fazem. Gerentes gerenciam

Agosto 28, 2009

Um CFO me contou uma vez que a primeira coisa que fazia ao promover um contador para Gerente de Contabilidade era tirar sua calculadora. Era uma forma simples de dizer que não queria os recém-promovidos fazendo contabilidade dali pra frente. Ele queria que  eles gerenciassem. É importante para nós lembrar que, como gerentes, nosso trabalho é gerenciar, não fazer o trabalho.

Você acha que o gerente precisa ter a habilidade de fazer o trabalho de todos os seus funcionarios? Muitas pessoas não compreendem a diferença entre funcionarios seniors e supervisores / gerentes. Nosso trabalho como gerentes não é fazer o trabalho de nossos funcionarios, mas entendê-lo bem o suficiente para que possamos incrementar sua eficiência, planejando, organizando, dirigindo e controlando o trabalho deles. É disso que se trata gerenciar. Não perca o foco desta questão.

h1

Como Fazer o seu Chefe Concordar

Agosto 26, 2009
42-16610980Todos nós esperamos que nosso chefe concorde conosco quando apresentamos uma solicitação, mas geralmente ele diz “não”.
O problema pode não estar naquilo que você pediu, mas em como você pediu o que queria.
Pode parecer óbvio, mas reflita sobre as últimas investidas junto ao seu superior…
Para isso, segue algumas dicas que você precisa ter em mente se quiser que seu chefe concorde.
  1. Faça o seu dever de casa
    Entenda qual você realmente quer que seja o resultado de sua solicitação. Se você quer incrementar sua equipe, não peça para reavaliar o orçamento do departamento. Sim, eu sei que estão interrelacionados, mas vá direto ao ponto. Sempre.
  2. Pense como o chefe
    Prepare sua solicitação a partir da perspectiva do chefe. O que vai importar para ele? Quando você era uma criança, se você perguntasse aos seus pais se podia fazer algo porque “todas os seus amigos estão fazendo” qual era a possibilidade de obter permissão? Ao invés disso, você vinha com um “ângulo” que você sabia que iria ter mais apelo junto a eles. Faça o mesmo com o seu chefe. Sempre.
  3. Esteja preparado para um “Não”
    Seu chefe pode dizer “não” à sua solicitação. Esteja preparado para isso (veja a dica #2). Imagine com antecedência que objeções o seu chefe vai provavelmente levantar e esteja preparado para contra-argumentar com sólidas razões. Sempre.
  4. Faça a pergunta certa
    Nunca faça uma pergunta que seu chefe possa responder com um “não”. Você pode aumentar o meu orçamento de treinamento? Está certo solicitar o novo equipamento X? Você quer que eu assuma aquela outra área? Todas estas perguntas que podem ser respondidas com um “não”. Apesar de ser verdade que elas também poderiam ser respondidas com um “sim”, a resposta mais provável de um chefe avesso a riscos será “não”. Sempre.
  5. Faça a pergunta da maneira correta
    Faça a pergunta de uma forma que pressupõe que seu chefe já concordou com ela. Ao invés de, “Você pode aumentar meu orçamento de treinamento?”, pergunte ao chefe “Em quanto você poderá aumentar meu orçamento de treinamento de modo a que eu possa alcançar as metas de conhecimento sobre o portfolio de produtos que definimos para minha area?”. Sacou?
  6. Aceite e se reestruture
    Mesmo seguindo estes passos, seu chefe pode ainda dizer “não” apesar de ter contra-argumentado todas as objeções previstas. O chefe pode estar sabendo de algo que você não sabe. Pode ter planos sobre os quais você não está ao par e ele pode optar por não lhe contar nada sobre os mesmos. Este é o momento de agradecer o seu chefe  por escutá-lo e considerar seu pedido e, sem mais delongas, dar meia-volta. Mantenha o queixo erguido. Você deu o seu melhor. Aprenda a partir desta experiência e volte na próxima mais forte e melhor preparado. Sempre.

Fotos: Marie HippenmeyerConte comigo,

Pablo

P.S. – Gostou? Para me seguir no Facebook, acesse https://www.facebook.com/coachingexecutivo

h1

Fazendo o chefe concordar

Agosto 26, 2009
42-15883549Quando você pede coisas ao seu chefe, ele(a) sempre concorda? O meu também não concordava. Ao longo dos anos acabei investindo tempo para aprender como gerenciar o meu chefe. Esta é uma habilidade ainda mais importante em tempos turbulentos como este.

Gerenciar para cima pode ser quase tão dificil quanto gerenciar sua equipe. Um dos segredos que aprendi no mundo corporativo é Como Fazer Seu Chefe Concordar. Não funciona a todo o momento, mas funciona com mais frequência que qualquer outra abordagem. Faça uma tentativa e depois compartilhe o que aprendeu com os demais leitores do meu blog.

h1

Mensagem de Otimismo – Video

Agosto 24, 2009

…E para completar o post anterior, nada como uma boa mensagem de otimismo para elevar o espirito.

h1

Com ser mais Otimista?

Agosto 24, 2009
j0386808O otimismo é medido pelo seu estilo explanatório, ou seja, como você define os eventos. Se você pode aprender a definir eventos positivos como 1) causados por algo que você fez, 2) um sinal de que mais coisas boas estão por vir e 3) uma evidência de que coisas boas vão acontecer em outras áreas de sua vida, você já está a meio caminho de chegar lá. Se você tambem consegue pensar nos eventos negativos como a) não são falha sua e b) ocorrências isoladas que não tem relação com futuros eventos ou outras áreas  de sua vida, você aí  já completou a outra metade do caminho!
Dificuldade: Fácil
Tempo requisitado: Apenas alguns minutos extras

Como:

  1. Quando alguma coisa positiva acontece na sua vida, pare para analisar seu processo mental por um momento. Você está se dando o devido crédito pelo acontecido? Pense em todas as qualidades que possui e nas maneiras com que você contribuiu, tanto diretamente quanto indiretamente, para que esse evento ocorresse. Por exemplo, se você passou num teste, não pense apenas em “ainda bem que eu estava preparado”, mas também pense em como sua inteligência e dedicação fizeram a diferença.
  2. Pense nas outras areas de sua vida que poderiam ser afetadas por esse evento positivo. Reflita também em como as qualidades que você possui, que permitiram que essa coisa boa acontecesse, podem também provocar outros bons eventos na sua vida. Por exemplo: que outras coisas boas podem vir de sua inteligência, dedicação e habilidade para se preparar efetivamente perante desafios?
  3. Imagine que futuras possibilidades podem estar te aguardando. Já que você tem a chave para seu sucesso, você não deveria esperar se dar bem nos futuros testes? Portanto uma carreira de sucesso não é uma consequência natural?
  4. Quando eventos negativos ocorrem, pense nas circunstâncias paliativas que podem ter contribuido para isso acontecer. Se você não foi bem num exame, por exemplo: você estava particularmente ocupado na semana que precedeu o teste? De alguma forma você não dormiu o suficiente? Que circunstâncias externas  contribuiram para o seu fracasso? Tenha em mente que isso não é necessariamente um reflexo de fraqueza pessoal.
  5. Lembre-se também que você tem inumeras oportunidades para ir melhor no futuro. Pense no seu proximo sucesso potencial, ou em outras áreas em que você pode arrasar.

Dicas:

  1. A chave para o otimismo é maximizar seus sucesso e minimizar seus fracassos.
  2. É bom olhar honestamente suas deficiências de modo que você possa trabalhar sobre elas, mas focar-se sobre suas qualidades nunca lhe fará mal.
  3. Tenha em mente que quanto mais praticar desafiar seu modelo mental, mais automático ele ficará. Não espere grandes mudanças na forma de pensar imediatamente, mas espere sim internalizar esse padrão positivo com o tempo.
  4. Lembre-se sempre que – praticamente – todo fracasso pode ser uma experiência de aprendizado e um importante passo em direção ao seu próximo sucesso!
  5. Pratique constantemente afirmações positivas. Elas realmente funcionam!

O que você precisa:

  • Um desejo de examinar seus pensamentos.
  • Alguns minutos extras para consistentemente re-examinar o seu modelo mental.