h1

Como Fazer o seu Chefe Concordar

Agosto 26, 2009
42-16610980Todos nós esperamos que nosso chefe concorde conosco quando apresentamos uma solicitação, mas geralmente ele diz “não”.
O problema pode não estar naquilo que você pediu, mas em como você pediu o que queria.
Pode parecer óbvio, mas reflita sobre as últimas investidas junto ao seu superior…
Para isso, segue algumas dicas que você precisa ter em mente se quiser que seu chefe concorde.
  1. Faça o seu dever de casa
    Entenda qual você realmente quer que seja o resultado de sua solicitação. Se você quer incrementar sua equipe, não peça para reavaliar o orçamento do departamento. Sim, eu sei que estão interrelacionados, mas vá direto ao ponto. Sempre.
  2. Pense como o chefe
    Prepare sua solicitação a partir da perspectiva do chefe. O que vai importar para ele? Quando você era uma criança, se você perguntasse aos seus pais se podia fazer algo porque “todas os seus amigos estão fazendo” qual era a possibilidade de obter permissão? Ao invés disso, você vinha com um “ângulo” que você sabia que iria ter mais apelo junto a eles. Faça o mesmo com o seu chefe. Sempre.
  3. Esteja preparado para um “Não”
    Seu chefe pode dizer “não” à sua solicitação. Esteja preparado para isso (veja a dica #2). Imagine com antecedência que objeções o seu chefe vai provavelmente levantar e esteja preparado para contra-argumentar com sólidas razões. Sempre.
  4. Faça a pergunta certa
    Nunca faça uma pergunta que seu chefe possa responder com um “não”. Você pode aumentar o meu orçamento de treinamento? Está certo solicitar o novo equipamento X? Você quer que eu assuma aquela outra área? Todas estas perguntas que podem ser respondidas com um “não”. Apesar de ser verdade que elas também poderiam ser respondidas com um “sim”, a resposta mais provável de um chefe avesso a riscos será “não”. Sempre.
  5. Faça a pergunta da maneira correta
    Faça a pergunta de uma forma que pressupõe que seu chefe já concordou com ela. Ao invés de, “Você pode aumentar meu orçamento de treinamento?”, pergunte ao chefe “Em quanto você poderá aumentar meu orçamento de treinamento de modo a que eu possa alcançar as metas de conhecimento sobre o portfolio de produtos que definimos para minha area?”. Sacou?
  6. Aceite e se reestruture
    Mesmo seguindo estes passos, seu chefe pode ainda dizer “não” apesar de ter contra-argumentado todas as objeções previstas. O chefe pode estar sabendo de algo que você não sabe. Pode ter planos sobre os quais você não está ao par e ele pode optar por não lhe contar nada sobre os mesmos. Este é o momento de agradecer o seu chefe  por escutá-lo e considerar seu pedido e, sem mais delongas, dar meia-volta. Mantenha o queixo erguido. Você deu o seu melhor. Aprenda a partir desta experiência e volte na próxima mais forte e melhor preparado. Sempre.

Fotos: Marie HippenmeyerConte comigo,

Pablo

P.S. – Gostou? Para me seguir no Facebook, acesse https://www.facebook.com/coachingexecutivo

Anúncios

12 comentários

  1. embora eu não acredite em “receita de bolo”, gostei do artigo! As sugestões me parecem simples de implementar e provavelmente trarão resultados na maior parte dos casos. acredito que eu já pratique a maior parte delas, mas vou testar de forma mais sistemática e depois compartilho os resultados…

    Gostar


  2. LinkedIn Groups
    Group: APG Amana-key
    Subject: New comment (3) on “Fazendo o chefe concordar”
    Interessante artigo, pois é, esta também – queiramos ou não – é uma das missões de qualquer executivo de sucesso: obter compreensão e apoio de seus superiores (e quem não tem um, que atire a primeira pedra).

    Pela minha experiência profissional de mais de 15 anos em diversas empresas, eu pude também – como citado pelo Pablo – compreender e aprender algumas estratégias sádias e éticas que funcionam neste assunto:

    1-desenvolva um alto nível de resiliência: você ouvirá mais NÃOS do que imagina e será sabatinado em suas idéias muito mais do que se preparou;

    2-veja seu superior como um cliente: não traga simplesmente idéias, crie valor, mostre as vantagens – os benefícios e os diferenciais do seu projeto ou proposta;

    3-compreenda como ele pensa e decide: talvez de todas a mais árdua tarefa, afinal de contas ela será atingida na prática – no dia a dia – com alguns SIM, muitos NÃOS e muitos outros POR QUE?

    Do mais é trabalhar duro, ser criativo e corajoso – afinal nesta vida, nada vem de graça ou fácil!

    E por fim, assim como uma “oportunidade de trabalho”, veja seus “superiores” como escolhas que fazemos e nós sempre temos PODER sobre nossas escolhas!!!

    Abraço,

    Marcos Ton – http://www.sucessoemvendas.com.br

    Posted by Marcos Ton

    Gostar


  3. LinkedIn Groups
    Group: PROFISSIONAIS DE FINANÇAS – BRASIL +500
    Subject: New comment (4) on “Fazendo o chefe concordar”
    Pablo,

    se você me permite, vou responder esta pergunta com uma “excelente” colocação de um colega de trabalho, quando a gente estava falando sobre aquecimento global:

    – Ah, daqui a trinta anos vou tá morto mesmo que se lasquem os que estiverem vivos.

    Diante de tão brilhante colocação perguntei:

    – Mas provavelmente a sua filha e seus netos terão que enfrentar os problemas que eu, você e todos nós estamos criando e que poderiamos minimizar somente com ações simples.
    – Que se danem… eu resolvi os problemas que meus pais e avós criaram…

    Diante do que foi exposto acima resolvi mudar de assunto e conversar sobre futebol.

    Penso que a visão de curto prazo continuará: exigiremos mais e, sem perceber, faremos com que exijam mais e mais de nós. Alguém (empresa ou grupo de profissionais) terá que quebrar o ciclo e sofrer as consequências de serem os primeiros.

    Posted by Jorge Marazzo

    Gostar


  4. LinkedIn Groups
    Group: PROFISSIONAIS DE FINANÇAS – BRASIL +500
    Subject: New comment (2) on “Fazendo o chefe concordar”
    Bem bacana o texto! Penso que os chefes de hoje estão cada vez mais exigentes porque nós, enquanto consumidores, queremos cada vez mais por menos, num eterno círculo vicioso. Você acha que eu não disse coisa com coisa, misturando coisas diferentes e comparando pêra com laranja? Deixe-me explicar meu ponto de vista:
    Como todos os consumidores hoje exigem (e podem exigir, devido a competição acirrada) cada vez mais qualidade no produto ou na prestação de serviços que adquire, por preços cada vez menores as empresas se veem pressionadas a melhorar a sua eficiência. Aliado a isso, os acionistas, que também exigem rentabilidade, forçam as companhias a terem cada vez mais rentabilidade sobre o capital investido. Isso tudo se reflete em mais controle, para que se possa produzir mais, com cada vez menos, garantindo competitividade e rentabilidade.
    Isso tudo é uma grande vantagem prá nós, enquanto consumidores. Entretanto, como a maioria de nós também é uma “peça da engrenagem” temos que contribuir com nossa parcela individual para que as empresas consigam atingir os objetivos propostos.
    Por esse motivo, penso que não só os chefes como também todas as empresas estão mais exigentes e receosos para investimentos que não permitam ganhos imediatos ou rentabilidade momentânea.

    Posted by Jorge Marazzo

    Gostar


  5. LinkedIn Groups
    Group: APG Amana-key
    Subject: New comment (1) on “Fazendo o chefe concordar”
    Gostei muito das dicas. A abordagem é muito prática e inteligente. Em especial a questão de estar preparada para o não e manter o queixo erguido.

    Posted by Carla Lima Gomes

    Gostar


  6. LinkedIn Groups
    Group: PROFISSIONAIS DE FINANÇAS – BRASIL +500
    Subject: New comment (1) on “Fazendo o chefe concordar”
    Pablo, parabéns pelo texto. Ele com certeza ajudará a alguns profissionais do mercado.

    Me permita acrescentar algo muito parecido com o ítem 1 (faça o seu dever de casa). Eu vejo que muitos pedidos me passam despreparados, sem embasamento técnico ou algo relacionado. Fica fácil para um “chefe” desmoronar um pedido destes, mesmo não sendo necessariamente um chefe complicado, mas apenas por ter um estilo mais técnico.

    Be prepared !

    Posted by Daniel Pereira

    Gostar


  7. Excelente colocação a de todos.Me senti enriquecida.E, permita-me acrescentar…Diante do NÃO, ao virar as nossas costas, devemos pensar:”como posso dar o meu melhor com o que tenho agora? E mais, procurar entender ao máximo a lógica e a política que ele estabeleceu para o andamento ou dinâmica de seu negocio e colocar o meu “tempero intelectual” mais criativo,mais interessante para trazer, com todo o meu coração, o resultado que ele anseia (que é o mesmo ou mais que eu mesmo anseio). Estar unida com ele nos resultados e sucesso da empresa.

    Gostar


  8. Além de tudo que foi dito e, no final o “não” aparecer porque o chefe sabe algo que você não saiba, um ponto foi esquecido: o daquele chefe que diz “não”, simplesmente pelo fato de não se sentir bem em acatar uma sugestão de um subordinado.
    Como fazer para detectar um chefe assim? E após detectado, como fazer para lidar com um superior com esse tipo de comportamento?

    Gostar


  9. Excelente publicação… Vou testar.

    Gostar


  10. Gostei do abordado, mas penso que já utilizamos tudo isso. Depende muito de com quem (ou qual situação) estamos lidando. Exemplo: Como citado no artigo, de quando eramos crianças, ou os homens a ganhar a parceira fazendo corpo mole, ou tentando conquistar a amizade de uma criança “luxenta”… Portanto, se trata sempre de “vender seu peixe”. Se o faz bem, terá mais resultados. E aí se destacam os bons ‘mascates’, e é claro, os bons ‘produtos’.

    Gostar


  11. Bela abordagem, parabéns!

    Gostar


  12. Parabéns por esta visão, gostei e vou utiliza-la dando-lhe os créditos.

    Gostar



Expresse sua opinião

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: