h1

Escute sua voz interior

Janeiro 6, 2010

Todos nós temos uma pequena voz dentro de nós que nos diz quando algo não está certo. Algumas vezes podemos ignorá-la, mas ela sempre está lá. Na medida em que vemos um Poder Legislativo dar péssimos exemplos, você pode ficar tentado a agir de forma que sabe que não deve. Ouça sua voz interior. Ela pode mante-lo longe de problemas. Especialmente os executivos deveriam estar bem avisados para escutar sua voz interior. Afinal de contas, como acabei de dizer, ela pode mantê-los longe de apuros e fazê-los mais efetivos dentro e fora da organização. Veja o post Escrúpulos São Uma Coisa Boa para saber mais.

Anúncios

35 comentários

  1. LinkedIn Groups
    Group: Networking São Paulo
    Subject: New comment (1) on “Você escuta sua voz interior?”

    Apenas devemos respirar fundo e não achar que estamos demais ocupados e ai podemos realmente ouvir nossa voz interior e se formos honestos conosco faremos o mais correto.

    Posted by Alvaro da Silva Junior

    Gostar


  2. LinkedIn Groups
    Group: Universidade Presbiteriana Mackenzie
    Subject: New comment (1) on “Você escuta sua voz interior?”

    Muito bom o seu blog, e muito bem escrito. Divido com vc a mesma visão sobre “fazer a coisa certa” e não se deixar levar pelas circunstâncias. Feliz ano novo!
    sds
    Farina

    Posted by Angelo Farina de Roure

    Gostar


  3. LinkedIn Groups
    Group: Brazil – All Things Business
    Subject: New comment (1) on “Você escuta sua voz interior?”

    Na minha “humble” opiniao, a voz interior que voce menciona aqui tem uma explicacao: e a voz do Espirito de Deus nos dirigindo para fazer o bem e nao o mal. Algumas pessoas estao connectadas com Ele as vezes ate sem saber mas Ele existe e esta ai para nos dar sabedoria para escolher o bem e rejeitar o mal. Para aqueles abencoados que ouvem essa voz, pode estar certo que eles agiram com integridade em todas as areas da vida deles.

    Eu creio que todos nos temos capacidade para fazer tanto o bem quanto o mal dependendo da influencia na qual estamos sujeitos.

    Ta ai meus “two cents”.

    Posted by Valquiria Green

    Gostar


  4. LinkedIn Groups
    Group: Universidade Presbiteriana Mackenzie
    Subject: New comment (2) on “Você escuta sua voz interior?”

    Pablo,

    Concordo 100% com o texto.
    Obrigado pela dica.

    Roberto

    Posted by Roberto Abreu

    Gostar


  5. LinkedIn Groups
    Group: Escola Politécnica – Universidade de Sao Paulo
    Subject: New comment (1) on “Você escuta sua voz interior?”

    Há vozes interiores e vozes interiores… Preconceito e inveja tambem nascem de vozes interiores…
    Ética e Moral sao conceitos sociais, externos ao individuo. Para podermos conviver em um mundo corporativo na complexa sociedade de hoje temos que aprender a ouvir e respeitar os outros, e acima de tudo, desenvolver um ambiente de franqueza onde as pessoas possam se expressar, para que possamos ouví-las. Ambientes onde cada um age ouvindo apenas sua “voz interna” sao ambientes potencialmente frustadores e de revolta, pois objetivos coletivos nem sempre se alinham com objetivos (ou crenças) pessoais…

    Posted by Jorge Gomez

    Gostar


  6. LinkedIn Groups
    Group: Networking São Paulo
    Subject: New comment (3) on “Você escuta sua voz interior?”

    Pablo,
    Interessante vc falar sobre escutar a voz interior… Assisti ontem o DVD da Louse Hay, “Como curar sua vida” e uma das pessoas entrevistadas fala exatamente isso: a importância de nos focarmos no nosso interior pois o mundo exterior nos absorve excessivamente. É a sincronicidade!

    Posted by Denise Ferrari

    Gostar


  7. LinkedIn Groups
    Group: Networking São Paulo
    Subject: New comment (2) on “Você escuta sua voz interior?”

    Nós, do Poder Judiciário, é que damos os bons exemplos, Pablo 🙂

    Posted by Jerônimo Souza

    Gostar


  8. LinkedIn Groups
    Group: Liderança e Inteligência Emocional no Varejo
    Subject: New comment (1) on “Você escuta sua voz interior?”

    Pablo, excelente abordagem!!!
    O que acredito ser o mais relevante nesta matéria é o nosso “Eu” estar reclamando uma atitude/comportamento diferente. Talvez esta diferença entre o que fazemos e o que nosso “Eu” gostaría que fizessemos é que provoque nossas tristezas, angustias, enfim, nossas insatisfações. Taí um caminho para perseguirmos.
    Muito bom!!!

    Posted by Jose Roberto Sanches Ferreira

    Gostar


  9. LinkedIn Groups
    Group: Tecnologia da Informação – TI Brasil
    Subject: New comment (1) on “Você escuta sua voz interior?”

    Como se convive com o bem e o mal existem momentos e que a voz interior pode ser perniciosa. Vale estar sempre estar com o filtro ativo, pois para toda idéia, parece que o lado nocivo das pessoas se manifesta. Esta manifestação não deve ser o exemplo correto para a sua colocação. Também tenho uma voz interior que discorda da voz interior do cara ao lado quando ele quer fazer algo muito errado. Esta voz geralmente tem o dom de me preservar e me apresentar novas circunstâncias de vida. Além da profissão.

    Posted by Marcio Noronha

    Gostar


  10. LinkedIn Groups
    Group: Rio de Janeiro In
    Subject: New comment (2) on “Você escuta sua voz interior?”

    Perfeito o artigo!

    Posted by Mario Portela

    Gostar


  11. LinkedIn Groups
    Group: GERENCIAMENTO DE PROJETOS
    Subject: New comment (1) on “Você escuta sua voz interior?”

    Pablo

    Todos deveríamos ouvir nossa voz interior, pois ela possui todo o conhecimento de nossos mais íntimos e puros desejos (SEM CONTAMINAÇÃO EXTERIOR).
    Tenho ouvido diariamente a minha e ela tem me mantido longe de muitos problemas e mais próximo de meus objetivos.

    Um abraço!
    Daniel

    Posted by Daniel Oliveira

    Gostar


  12. LinkedIn Groups
    Group: Escola Politécnica – Universidade de Sao Paulo
    Subject: New comment (2) on “Você escuta sua voz interior?”

    Quando falamos do tema Vozes Interiores… precisamos levar em consideração um tema relacionado, que vem a ser O Poder da Escolha.
    Por termos condições de ouvir as vozes interiores, precisamos avaliar o que vem a ser a Voz Interior da Razão, ou a Voz Interior do Preconceito.
    Teremos então, a possibilidade de escolher o que é correto para nós.
    O que deve ser evitado é a escolha por restrição ou por falta de opção.
    Para cada péssimo exemplo que vemos, ouvimos ou lemos, teremos sempre a oportunidade de acreditar que esses exemplos são a única forma de levar vantagem em algo, ou poderemos escolher o caminho ideal, que é, na próxima eleição, demonstrar a todos que temos sim opção de escolha, e eliminar esse povo das cadeiras mal ocupadas.

    Utilize sua consciência e manifeste sua opção de escolha.
    http://espacodinamico-purcino.blogspot.com

    Posted by José Antonio Purcino

    Gostar


  13. LinkedIn Groups
    Group: Escola Politécnica – Universidade de Sao Paulo
    Subject: New comment (3) on “Você escuta sua voz interior?”

    Quem nos dera se a voz inteirior fosse sempre baseada na Razao… o que mais vemos hoje é pessoas individualistas baseando suas decisoes em seus principios e conceitos arraigados em anos de preconceito, arrogancia, inveja…

    E vai dizer para um executivo que decide pelo futuro da empresa em detrimento da sociedade que ele esta errado…foi isso que ele sempre aprendeu…O nosso instinto mais basico e o da sobrevivencia como individuo, se nao aprendermos a subverter nosso superego em prol de uma sociedade mais justa, igual e mais harmônica com a natureza, este mundo nao tem futuro.

    Temos que aprender a questionar nossa voz interior e aprender a OUVIR a voz dos outros. Temos que voltar a aprender a conversar, ouvir, argumentar e discutir. Sem medo de “perder” discussao, objetivando uma solucao clara, um bem comum.

    A sociedade nao se muda pelo voto, mas pela consiência de cidadão. O voto e mais um modo de nos escondermos em nosso individualismo (eu votei fiz a minha parte, se tudo esta ruim não e minha culpa).

    Posted by Jorge Gomez

    Gostar


  14. LinkedIn Groups
    Group: Escola Politécnica – Universidade de Sao Paulo
    Subject: New comment (4) on “Você escuta sua voz interior?”

    Quando comentei a necessidade de utilizar o voto para mudar uma situação, claro está que não estamos falando de mudar a sociedade, mas sim, optar por pessoas que possam somar com projetos e ações mais positivas e que caminhem no sentido de semear uma melhoria na consciência do cidadão. Como conseguimos isso? Educação. Não só a educação básica, do ensino médio ou do ensino superior. Isso já existe. Basta colocar em prática. Estou falando da educação da capacidade de discernimento. Isso sim faz falta, e muito. Ninguém aqui está buscando culpados. Aliás, por isso não saimos do lugar comum. Estamos buscando soluções.

    Posted by José Antonio Purcino

    Gostar


  15. LinkedIn Groups
    Group: Escola Politécnica – Universidade de Sao Paulo
    Subject: New comment (5) on “Você escuta sua voz interior?”

    Consiso e correto, seu ultimo comentario resume bem a discussão. So completaria que essa educação, essa capacidade de discernimento, nao é um arquetipo que ouvimos como “voz interior”. É algo que se aprende como cidadao.

    Posted by Jorge Gomez

    Gostar


  16. LinkedIn Groups
    Group: Escola Politécnica – Universidade de Sao Paulo
    Subject: New comment (6) on “Você escuta sua voz interior?”

    De acordo Jorge. Muito obrigado pelo comentário. Com respeito a Voz Interior, também concordo com você. Vale a pena ressaltar então que o que mais necessitamos hoje em dia é criar, ou utilizar, ferramentas que nos auxiliem a ensinar aos nossos comunes a consciência de cidadão.

    Posted by José Antonio Purcino

    Gostar


  17. LinkedIn Groups
    Group: Networking São Paulo
    Subject: New comment (5) on “Você escuta sua voz interior?”

    Pablo,
    Certamente. E como é difícil!! Mas só trilhando o ‘caminho do meio’ é que alcançaremos a felicidade.
    Abraço,

    Posted by Denise Ferrari

    Gostar


  18. LinkedIn Groups
    Group: Networking São Paulo
    Subject: New comment (6) on “Você escuta sua voz interior?”

    Ouço minha voz interior. Às vezes ela diz coisas que não quero ouvir, mesmo assim, ouço e presto muita atenção. Às vezes, também, perco a oportunidade de ouvi-la e aí faço coisas que não deveria fazer. Erro e fico incomodada por não ter dado a atenção devida à minha voz interior.

    Posted by Áurea Grigoletti

    Gostar


  19. LinkedIn Groups
    Group: Networking São Paulo
    Subject: New comment (7) on “Você escuta sua voz interior?”

    Com certeza eu dou muito ouvido a voz interior a acho que como mulher posso dizer que ela seria como um sexto sentido parece que mesmo quando não estamos antenados com certas situações temos um feeling que não sei dizer como nos antecipa varias vezes ao que pode ocorrer se uma decisão for tomada ou qual caminho que devemos seguir, acredito que acontece porque mesmo dormindo nosso cerebro continua percebendo as coisas ao nosso redor, e mesmo quando estamos focado em uma atividade ainda conseguimos de alguma forma tmomar ciencia das coisas, acredito que é por isso que devemos ouvir nossa voz interior sempre.

    Posted by Carolina de Fatima Silva

    Gostar


  20. LinkedIn Groups
    Group: Networking São Paulo
    Subject: New comment (8) on “Você escuta sua voz interior?”

    Dúvida e medo podem paralisar e por em xeque a intuição ou sexto sentido, deixando-nos à deriva das próprias emoções. Desta forma, acredito que confiança é a palavra chave, pois é muito mais fácil ouvir a voz interior (que está sempre presente) quando se está confiante em si próprio.

    Posted by Nádia Tonin

    Gostar


  21. LinkedIn Groups

    * Group: VOCE S/A
    * Subject: New comment (1) on “Procurando um mentor…”

    Olá Pablo

    Para o assunto que você iniciou sobre mentor e coach, segue um artigo necessário para tal exercício, pois mentor é a necessidade de emitir confiança e esse artigo discute sobre o fenômeno confiança. Boa Leitura!

    http://digg.com/d31G03E?t

    Abraços
    Posted by Gustavo Lopes Bra

    Gostar


  22. LinkedIn Groups

    * Group: Escola Politécnica – Universidade de Sao Paulo
    * Subject: New comment (8) on “Você escuta sua voz interior?”

    Eu nao sei exatamente qual e’ o equivalente psicologico de “voz interior”, mas penso que a questao acima e’ valida dentro dos parametros de dois principios: 1) Aquisicao de valores “comuns”, que por motivos de experiencia propria ou por aprendizado, sao considerados positivos ao bem-estar do grupo (em oposto ao beneficio individual per se). 2) Abilidade de questionar o sistema de valores em frente de nova informacao ou nova situacoes, e poder manter uma mente aberte em frente a ambiguidade.

    A verdade e’ que o mundo nao e’ sempre rosa, nem sempre preto/branco. E’ preciso fazer decisoes dificies. Para isto e’ necessario encontrar ordem em caos, compromisso em ambiguidade, pontos comuns em conflictos, e ate’ mesmo questionar o que acreditavamos piamante.

    Em termos de nacao e’ realmente o processoo de educacao, mas por que filosofia e psicologia nao sao tao fundamentais quanto fisica e quimica? O sistema educacional de massa foi baseado nas necessidades da revolucao industrial, mas nao provavelmente as necessidades de um mundo global moderno baseado em informacao — e informacao e’ saber pensar, questionar, dialogar.

    Em termos de indivduo e’ realmente e’ capacidade de aprender por no’s mesmos, e por experiencia de outros. De ter modelos a seguir (e a nao seguir).

    E’ como falam: bom julgamento vem de experiencia, mas experiencia vem de mal julgamento.

    Posted by Claude Huss Bianconi

    Gostar


  23. LinkedIn Groups

    * Group: Escola Politécnica – Universidade de Sao Paulo
    * Subject: New comment (9) on “Você escuta sua voz interior?”

    Manter a mente aberta em frente a ambiguidade é normal nos dias de hoje, para quem tem a experiência obtida pela vivência, principalmente quando ficamos tanto tempo longe de nosso meio, de nossa cultura, de nosso país.

    A habilidade de questionar o sistema é uma ação válida, pois nos dá condições de avaliar qual ação deveremos tomar em função das oportunidades que surgem no nosso dia a dia. Deixando a filosofia de lado, e partindo para a praticidade da vida, ter experiência é saber fazer um julgamento mais próximo do acerto do que do êrro, muito comum nos jovens qua ainda estão iniciando sua vida profissional. Como bem disse o Pablo, no inicio do forum, temos que saber ouvir nossa voz interior, utlizando nossa experiência como fiel da balança, para tomarmos decisões corretas e mantermos nossas posições, seja na sociedade local, internacional ou inclusive para mantermo nossa posição no trabalho, evitando perder o nível hierárquico conseguigo, que certamente foi obtido depois de uma conversa do seu eu realista com o seu eu interior. Essa é a voz a que ele se refere .

    A experiência não o leva a julgamentos errados, mas talvez, a decisões equivocadas.

    Posted by José Antonio Purcino

    Gostar


  24. LinkedIn Groups

    * Group: Escola Politécnica – Universidade de Sao Paulo
    * Subject: New comment (10) on “Você escuta sua voz interior?”

    Ainda acho que um dos grandes males do mundo atual, em que se valoriza tanto o egocentrismo, é muita gente ouvindo demais as “vozes interiores” e tapando os ouvidos para o que ocorre em sua volta… Acho que muito mais do que ouvir a voz interior, temos de voltar a aprender a ter paciência para ouvir uns aos outros…

    Posted by Jorge Gomez

    Gostar


  25. LinkedIn Groups
    Group: Rio de Janeiro In
    Subject: New comment (4) on “Você escuta sua voz interior?”

    Desde que minha voz diga algo lógico, sou todo ouvidos a ela. O problema é quando a tal voz interior nos diz aquilo que seria o mais fácil pra gente. Aí tapo os ouvidos e prefiro escutar os amigos profissionais.

    O mais fácil e rápido nem sempre é o melhor. Abraço.

    Posted by Leonardo Bragança

    Gostar


  26. LinkedIn Groups
    Group: GERENCIAMENTO DE PROJETOS
    Subject: New comment (3) on “Você escuta sua voz interior?”

    Sempre. Já passei por uma experiência onde me foi oferecida, vamos chamar de, uma “taxa de incentivo” proveniente de um fornecedor para que eu facilitasse a entrega do projeto no prazo – Confuso,não? Um fornecedor oferecendo um incentivo para que ele entregasse o projeto? – Não entrarei no detalhe do que ele realmente estava solicitando. Neguei na hora. Hoje quando comento este caso, muitos até dizem que eu realmente deveria ter aceito, pois afinal de contas “o comercial vive fazendo isso.”
    Mas no final das contas nada paga você poder ter controle sobre seu fornecedor não tendo nenhum vínculo “obscuro” na relação cliente x fornecedor, além é claro, de poder encostar sua cabeça no travesseiro com a certeza que você fez o certo.

    Posted by André Cruz

    Gostar


  27. LinkedIn Groups
    Group: Networking São Paulo
    Subject: New comment (10) on “Você escuta sua voz interior?”

    Pablo,
    Buda ensinou a seus discípulos que os extremos da vida deviam ser evitados, que o caminho do meio é a forma de chegar ao equilíbrio, ensinou ainda que, tanto o prazer extravagante ou a abnegação exagerada deviam ser evitados. Ambos os extremos provocam sofrimento.
    Não é fácil fazer isso; no dia a dia somos muitas vezes tomados por sentimentos extremos – é alguém no trânsito, problemas no trabalho, filhos adolescentes… mas é um caminho de evolução, então vamos melhorando pouco a pouco!
    Abraço,

    Posted by Denise Ferrari

    Gostar


  28. LinkedIn Groups
    Group: Escola Politécnica – Universidade de Sao Paulo
    Subject: New comment (14) on “Você escuta sua voz interior?”

    Tudo bem com este negócio de voz interior. Que eu saiba, a questão é muita calma nesta hora. Não tomar decisões sobre pressão. Pensar muito (e rápido) para tomar uma decisão. Etc, etc, etc.
    Agora, se você está escutando uma voz interior, acho que deveria procurar ajuda de um médico para saber do que se trata.

    Posted by Márcio Mattoso

    Gostar


  29. LinkedIn Groups
    Group: Escola Politécnica – Universidade de Sao Paulo
    Subject: New comment (15) on “Você escuta sua voz interior?”

    Por comentários como esse que eu muitas vezes prefiro não particiapr de foruns. É desanimador.

    Posted by José Antonio Purcino

    Gostar


  30. LinkedIn Groups
    Group: Escola Politécnica – Universidade de Sao Paulo
    Subject: New comment (16) on “Você escuta sua voz interior?”

    Nao pretendo ser o advogado do diabo, mas comentario do colega Marcio foi a primeira coisa que pensei tambem sobre o assunto de “vozes interiores”. Talvez por nao usar Portugues por muito tempo.

    Mas, em geral, ter intencao de fazer um comentario ironico nao creio ser algo “desanimador”. E’ bom alguem dar um cutucao de vez em quando. Pode ser incomodo, mas e’ um fator a ser ponderado tambem. Ainda acho o conceito de “voz interior” ser um fator cultural baseado em moral ocidental da dicotomia de “certo/errado”. A ideia de que uma “voz interior” teria alguma capacidade aquem de no’s mesmos para nos dar a decisao mais acertada me parece um conceito bordeando temas religiosos. Mas, como falei, talvez seja pelo fato de ter vivido e convivido na Asia por mais de 20 anos Em um paralelo, e’ o mesmo que alguem falar em “como obter Karma para ser bem sucedido”.

    E voltando ao comentario do colega Marcio, eu conheci uma professora de universidade que me falava piamente que comunicava com “fairies” (fadas?). Uma das pesquisadoras mais renomadas e respeitadas no mundo…. Mas, tem pessoas que pensam que voz interior vem de uma fonte divina ou externa. O fundador de uma das maiores firmas Japonesas pensou que teve uma revelacao mistica em que “aprendeu” que existe uma fonte de conhecimento no universo que pode ser accessada. Para mim…. tudo meio “fora do eixo”, mas estas pessoas se tornaram bem sucedidas, bem muito mais do que eu….

    Existe no ramo recente de “Positive Psychology” ( http://www.ppc.sas.upenn.edu/ ) que e’ essencialmente uma pesquisa sobre “felicidade”, uma resultado porem me abalou. Era na area que pare ser feliz e’ necessario aprender e ter “positiviidade”, mas as pessoas mais positivas tinha pensamentos “levemente” distorcidos para o lado de ser positivo (mesmo em fato da realidade mostrar o contrario).

    Talvez falei muito, mas o quero falar e’ voz interior ou nao…. Precisar de medico ou nao. O que me parece mais importante e’ nunca parar de acreditar. E para isto, talvez nao e’ fora do caso ser “levemente” fora do eixo para sempre ver o positivo… E talvez nunca desanimar, mesmo em face da realidade da Internet. Abracos!

    Posted by Claude Huss Bianconi

    Gostar


  31. LinkedIn Groups
    Group: Escola Politécnica – Universidade de Sao Paulo
    Subject: New comment (17) on “Você escuta sua voz interior?”

    claude, vc convergiu a um ponto interessante. Essa nossa linguagem corporativa cria diversas “expressões” e modelos que, alem de virar título de livro, no fundo nao tem nenhum sentido físico e muitas vezes beiram o misticismo mesmo, por isso nao acho de jeito nenhum fora do contexto, apesar da ironia, o comentario do Márcio. “Vozes Interiores” é um conceito tão vago quanto “positividade”, e que pode ser extremamente pernicioso em um ambiente onde a critica não é estimulada, quer por motivos idelógicos/”misticos”, quer por haver uma liderança muito forte que inibe questionamentos.

    Talvez no meu agnosticismo eu seja pragmático demais, mas se tem uma coisa que eu aprendi nesses muitos anos de vida corporativa é que não tem nada mais pernicioso e que desfoque os esforços que um “voluntarismo” ou como diz o Claudio “positividade” desconectada com a realidade… se tem uma coisa que nao aguento e ver aqueles discursos de que “ter atitude positiva” resolve todos os problemas… Já vi grandes desastres acontecerem em empresas por grupos que estavam muito unidos com pensamento positivo e atitude extremamente colaborativa e pro ativa, motivados por “coachers” profissionais, simplesmente porque concentraram todos os esforços do grupo em uma coisa sem sentido… quando cai a ficha ou aparece um “estraga prazeres” que mostra a amarga realidade, o grupo desmonta, não raramente levando a um grande prejuizo para a propria empresa.

    Por isso reforço meu primeiro comentario. Quando li pela primeira vez o tema proposto, meu pensamento ficou entre o comentario do Márcio e considerar, ironicamente, isso de “voz interior” um devaneio, e um significado um pouco mais profundo e simbólico de que deveriamos nos basear nas nossas decisões em nossos conceitos egocêntricos o que é, corporativamente e socialmente falando, uma das coisa mais perniciosas que existe.

    Posted by Jorge Gomez

    Gostar


  32. LinkedIn Groups
    Group: Rio de Janeiro In
    Subject: New comment (5) on “Você escuta sua voz interior?”

    Pablo,

    Estou sempre atenta à Voz do Interior…as pessoas procuram o Deus da sua compreensão, do seu coração em vários lugares – mas esquecem que o Grande Arquiteto do Universo está dentro de vc! Respeito acima de tudo a diversidade de pensamentos místicos e religiosos, respeito em quem não acredita… Para as mulheres esta voz é ouvida com mais atenção, cujo o codinome é: “sexto sentido” …

    Posted by Joelma Rocha

    Gostar


  33. LinkedIn Groups
    Group: Rio de Janeiro In
    Subject: New comment (6) on “Você escuta sua voz interior?”

    Ouvir-se, fazer silencio para ouvir-se, é uma matéria fundamental que falta em nosso currículo escolar. Falo sério. Adequando-se as diferentes idades, deveria constar de matéria obrigatória nas escolas. Creio que é uma maneira de mudar o rumo do mundo para que as mudanças e soluções possam se dar de maneira menos dolorosa. Ou então teremos necessidade de cada vez maiores catastrofes e dores para que se provoquem contrações que levem ás necessárias reflexões e mudanças de atitudes.
    Um abraço
    Michel

    Posted by Michel Robim

    Gostar


  34. LinkedIn Groups

    * Group: Rio de Janeiro In
    * Subject: New comment (7) on “Você escuta sua voz interior?”

    Acho que poderíamos chamar de Felling.
    Inigualável ferramenta quando bem interpretada.

    Posted by Guilherme Cravo Poggianell

    Gostar


  35. LinkedIn Groups
    Group: Rio de Janeiro In
    Subject: New comment (8) on “Você escuta sua voz interior?”

    Ouco com atencao e ela sempre esta la, pronta para me apoiar, orientar, provocar, discutir e como sou teimosa, muitas vezes a ignoro.. e sempre, sempre, me arrependo! abs

    Posted by Anna Bergamo

    Gostar



Expresse sua opinião

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: