h1

Sobre Casamentos, Equipes e Interações

Fevereiro 1, 2010

A pioneira pesquisa de John Gottman concluiu que os casamentos tendem a ter muito mais êxito quando o casal experimenta interações positivas e negativas numa proporção de 5 para 1, ao passo que, quando a proporção alcança 1 para 1 , os casamentos tendem a terminar em divórcio. Investigações adicionais também apontam que equipes de trabalho com uma proporção de interações positivas e negativas maior que 3 para 1 são significativamente mais produtivas do que os times que não alcançam essa proporção.

Bom… e daí? O que tudo isso significa? Para a grande maioria de nós significa que necessitamos aumentar o número de interações positivas que temos em casa e no trabalho e reduzir nossas interações negativas.

Precisamos nos engajar com mais sorrisos, palavras amáveis, alento, gratidão, conversas significativas, diálogos honestos e sinceras interações positivas. E, para promover estas iniciativas, precisamos criar rituais pessoais e de equipe que nos ajudem a interagir mais positivamente. Se inserirmos estes rituais no nosso processo organizacional e nos nossos hábitos individuais certamente elas ocorrerão com maior frequência.

Por exemplo, em casa você podia decidir dar uma volta com sua esposa toda noite depois do jantar e falar sobre as coisas positivas que acontecem no trabalho. Quanto mais você praticar, mais isso vai ficar arraigado em sua vida. No trabalho você podia transformar em hábito sorrir com mais frequência para seus colegas e clientes. Como gerente, você poderia investir mais tempo reconhecendo seus funcionários pelas coisas que eles fazem direito ao invés de sempre focar naquilo que estão fazendo errado. À propósito, um gerente que conheço transformou em hábito reconhecer pessoalmente 5 pessoas todas as semanas. Ainda como representante de uma organização, você podia convocar todos seus funcionários numa única chamada telefônica para compartilhar uma mensagem positiva. Ou talvez pudesse juntar sua equipe de vendas toda semana e colocar seus integrantes compartilhando estórias de sucesso entre eles. As idéias não tem fim. O objetivo é intencionalmente cultivar mais interações positivas para alimentar o contínuo sucesso.

Entretanto, entenda que isso não significa que nós nunca devamos ter interações negativas. Existe uma pesquisa realizada por Barbara Fredrickson, da Universidade de Michigan, apontando que, se uma equipe de trabalho numa determinada empresa, experimenta interações positivas e negativas numa proporção de 13 para 1, a equipe será menos efetiva. Isto sugere que ninguém do grupo está disposto a confrontar os verdadeiros problemas e desafios que estão afetando o time. Alguma vezes necessitamos confrontar uma situação para seguir em frente e, como sabemos, ignorar os problemas que nos fitam de frente definitivamente não funciona. Interações negativas são necessárias desde que ocorram com uma frequência bem menor do que as positivas.

Interações positivas são essenciais para um casamento saudável, para um ambiente de trabalho alto-astral e para sucesso tanto individual quanto grupal. Neste sentido, quando você acabar de ler este post, encorajo você a agradecer alguém no trabalho ou em casa e deixe-o(a) saber como ele ou ela impacta na sua vida de forma positiva. E aí, faça disto um hábito.

Anúncios

4 comentários

  1. LinkedIn Groups
    Group: HR/RH in – Council of Human Resources and Recruitment Consultants Brazil – Executive Suite
    Subject: New comment (1) on “Sobre Casamentos, Equipes e Interações”

    Pablo, contratação de empregado e casamento são muito similares.

    Contrata-se (casa se) pelas qualidades técnicas. Demite (separa) pelas comportamentais.

    O que significa? Que a capacidade de superação de frustações e de problemas é uma necessidade de aprendizado continuo. Fiz esta leitura.

    Assim como ter um bom CV profissional, ter aprendido e experimentado situações, um “CV matrimonial” com algumas vivencias é um ótimo sinal.

    Imagine que pensar daquele empregado que ficou a vida toda na mesma empresa…

    Palavra de quem ja teve três separeções e esta se juntando (casando) pela quarta vez.

    Ou?

    Posted by Igor Rafailov

    Gostar


  2. LinkedIn Groups
    Group: ASSOCIAÇÃO DE EXECUTIVOS DO BRAZIL / BRASIL
    Subject: New comment (1) on “Sobre Casamentos, Equipes e Interações”

    Para quem acredita no poder da “atração”, fica mais fácil perceber que as interações positivas levam ao objetivo sonhado e as interações negativas levam aos problemas temidos. The SECRET!

    Posted by Paulo César Lima

    Gostar


  3. LinkedIn Groups
    Group: APG Amana-key
    Subject: New comment (1) on “Sobre Casamentos, Equipes e Interações”

    Caro Pablo, gostei da ideia do gerente que definifu em agenda o reconhecimento de 5 pessoas por semana. Com isso, ele acrescentou mais uma interação importante para o êxito de um líder com a sua equipe, a de 1 para 1, reconhecendo a individualidade de cada membro do seu time e exercendo uma liderança “customizada”.

    Posted by Moacyr (Moa) Santos Jacinto Junior

    Gostar


  4. LinkedIn Groups
    Group: FAAP Alumni
    Subject: New comment (1) on “Sobre Casamentos, Equipes e Interações”

    Pablo,

    Gostei muito do artigo. É uma posição que eu compartilho com o autor, o gestor deve apoiar e reconhecer positivamente os sucessos e/ou o esforço da equipe em atingir os resultados. Também ajuda se este gestor estimular que integrantes da equipe reconheçam positivamente outros integrantes da equipe, nem que seja um simples e-mail para o grupo de trabalho, elogiando um integrante.

    Posted by Sergio Ricardo Carré

    Gostar



Expresse sua opinião

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: