Archive for Janeiro, 2011

h1

UMA PALAVRA QUE VAI MUDAR SUA VIDA

Janeiro 24, 2011

Tenho um par de amigos que acreditam que uma palavra pode mudar nossa vida. Todos os anos, antes do Ano Novo, eles trazem à tona a palavra deles para o ano seguinte: aquela que vai dar significado e foco para as suas vidas.

Importante: eles dizem que não pegam aleatoriamente uma palavra, mas que ela acaba vindo até eles a partir de uma profunda reflexão e escutando atentamente o coração.

Achei a idéia brilhante.

Vivemos num mundo cheio de estress, sem tempo para nada e com um monte de distrações que nos fazem deixar de lado nossas resoluções e nos esquecer de nossas metas. Mas todos nós podemos nos lembrar e nos focar através de uma única palavra que representa a essência daquilo que esperamos alcançar e/ou daquilo que queremos nos tornar.

Fiquei inspirado para fazer o mesmo.

A palavra que escolhi foi PROPÓSITO.

Vou estar prospectando e executando um monte este ano, com o objetivo de aprimorar executivos, times e culturas organizacionais, e certamente a agenda pode ser exaustiva. Entretanto, me focando no meu propósito de fazer a diferença, sei que isso vai me reenergizar e me manter firme nos trilhos. Afinal das contas, estou ciente que se meu propósito for maior do que os meus desafios, estarei tão empolgado em Junho quanto estou agora em Janeiro. Portanto é isso aí: minha palavra é PROPÓSITO.

A palavra da minha esposa é APRENDIZADO.

Ela percebeu que a nossa filha – que está prestes a nascer a qualquer momento – será uma fonte inesgotável de alegria e com ela o modo de enxergar a vida será constantemente revisitado.

Fazer este exercício com a Milena foi divertido e muito significativo. Isso é algo que inclusive você pode fazer com o seu time no trabalho e também com a sua familia em casa. Imagine se todo mundo no trabalho soubesse a sua respectiva palavra e as vivenciassem a cada dia de modo a que eles e suas equipes fossem melhores. 

Uma vez que a sua palavra veio à tona você pode exibi-la na sua mesa ou pode ainda transformá-la numa pintura (e por que não?). Todo Ano Novo, cada um desses meus dois amigos e suas familias pintam a sua palavra (vejam a foto ao lado).

E então, qual a sua palavra para este ano? Ainda estamos na terceira semana de Janeiro e não é tão tarde para trazer uma à tona. Que palavra lhe daria foco e motivo para fazer de 2011 o seu melhor ano? Compartilhe sua palavra comigo e com os demais nos comentários abaixo.

Conte comigo,

Pablo

Anúncios
h1

Felicidade no Trabalho

Janeiro 21, 2011

Felicidade: o que sabemos dela?

O Pão de Açúcar quer saber o que faz você feliz.

A Coca quer que você a abra.

Inúmeros livros tentam te ajudar a alcançá-la.

Pesquisas apontam que você é mais produtivo com ela.

E mesmo assim a verdade é que pouquíssimos convivem com ela no trabalho…

Por quê?

É porque os líderes não criam ambientes de trabalho felizes?

É porque o trabalho é inerentemente triste?

Ou talvez é por causa de nossas atitudes em relação ao trabalho?

Aqui realmente não há uma resposta definitiva.

Um chefe negativo, condições de trabalho ruins ou uma cultura tóxica podem certamente deixar as pessoas infelizes.

Também tenho observado como os líderes podem criar funcionários mais felizes e mais produtivos construindo a cultura e o ambiente certo.

Entretanto, acredito que o maior determinante de nossa felicidade no trabalho somos nós.

Nossa felicidade tem menos a ver com forças externas e mais a ver com o que está dentro de nós.

Felicidade é uma questão interna.

Nossa felicidade não vem do trabalho que fazemos mas de como nos sentimos em relação ao trabalho que realizamos.

Tenho encontrado motoristas de onibus, porteiros e funcionários de lanchonetes que são mais apaixonados pelos seus trabalhos e mais felizes que alguns jogadores de futebol que ganham milhões de reais.

A maneira como pensamos, sentimos e abordamos o trabalho influencia nossa felicidade nele.

Podemos ser mais felizes focando no que PODEMOS fazer ao invés do que TEMOS que fazer.  Podemos nos dar conta que a habilidade de realizar um trabalho é uma dádiva e não uma obrigação.

Podemos curtir mais nosso trabalho criando uma nova forma de mensurá-lo. Ao invés de nos compararmos com os demais, podemos medir-nos contra o nosso próprio crescimento e potencial. A cada dia podemos ir trabalhar tendo em mente que hoje seremos melhores do que fomos ontem e que amanhã seremos melhores do que somos hoje.

Também podemos aprimorar nossa felicidade ignorando a negatividade ao nosso redor. Gandhi disse, “Não vou permitir que ninguém circule em minha mente com os pés sujos“.

Nem nós devemos permitir isso também.

Ao invés de ficar ouvindo as vozes negativas, vamos nos concentrar nas nossas escolhas positivas. Não podemos dirigir a carreira de outra pesssoa. Não podemos controlar a atitude do outro, mas podemos sim controlar nossa mente. Nosso trabalho é dirigir nossa carreira e fazê-lo de forma espetacular. Se nos concentrarmos no positivo e ignorarmos o negativo, nossa felicidade vai decolar.

Podemos ainda energizar nossas funções trabalhando em prol de um propósito maior. Pesquisas apontam que alavancamos o nosso melhor quando estamos investindo nossa capacidade e talento num propósito que vai além de nós. Todo trabalho vai acabar ficando velho e mundano (se permitirmos). Mas um propósito vai mantê-lo novo em folha. Sempre. Um propósito nos alimenta. Quando trabalhamos por um propósito maior, encontramos uma fonte inesgotável de felicidade no trabalho.

Felicidade no trabalho? Perfeitamente alcançável!

O melhor de tudo é que podemos decidir o quão felizes queremos ser. Seja respondendo na ponta da língua o que nos faz feliz, abrindo a felicidade, compartilhando felicidade ou criando-a, lembre-se que felicidade é uma questão interna que você pode solucioná-la no trabalho ainda hoje!

Para finalizar, quero compartilhar esta singela mensagem de uma amiga minha da qual não recebia notícias há muito tempo e que sumariza muito do que acabei de escrever:

“Oi Pablo, tudo bem, como você anda?

Não sei se se lembra de mim, estudamos juntos na Unip.

Escrevo depois de muito tempo, para te contar uma coisa curiosa, como muitas são na vida rs.

Na verdade, pela vida profissional passamos por muitas coisas, e muitas pessoas, e algumas delas nos marcam especialmente.

Bom, te escrevo para te contar que um dos meus maiores crescimentos profissionais veio de uma “bronca sua”, muito bem dada, na Unip.

Eu estava naquela fase inicial da vida profissional, e numa aula com vocês, reclamando de algo da empresa em que eu trabalhava na época. E você me disse: poxa, se você não gosta tanto assim, por que você não sai?

Lembro que depois pensei muito sobre isso e fiquei com vergonha das minhas reclamações, e a partir daí eu entendi que devia fazer algo a respeito de tudo, e não reclamar. Não entrar nas conversas das rodinhas, dos corredores, mas fazer.

E isso foi o começo de um grande amadurecimento e mudança. Enfim, depois de um tempão, quando estava gerenciando os meus próprios analistas, e percebia que eles estavam fazendo o mesmo, eu sempre lembrava daquela conversa, e dizia para eles que uma das principais coisas que divide quem cresce e quem demora para crescer, é essa atitude de ouvir a conversa dos corredores, ao invés de entender a posição da empresa, pensar como os líderes, e fazer o seu melhor trabalho.

Sempre penso em te contar isso, e depois esqueço. Até que hoje eu lembrei e escrevi 😉

Beijos, Patrícia”

E você?

Como lida com a possibilidade de ser feliz no trabalho?

Compartilhe sua opinião e sua estratégia com os demais nos “comentários” abaixo…

Conte comigo,

Pablo

P.S. – Gostou? Para me seguir no Facebook, acesse https://www.facebook.com/coachingexecutivo

h1

Coisas Para Fazer De Você Um Melhor Gestor Em 2011

Janeiro 2, 2011
Se uma das suas resoluções para o ano novo foi a de se transformar num melhor executivo, adicione esta página aos seus “Favoritos”. Gestão é uma habilidade que  pode ser aprendida, portanto você pode se aprimorar como gestor exercitando-se todos os dias para ficar melhor.

Volte para esta página diariamente durante as próximas 2 semanas. Selecione uma delas. Aplique HOJE. Selecione outra para amanhã. E assim por diante. Em 2 semanas você será um melhor gestor. E mais: os demais vão perceber isso também!