h1

Como Se Livrar do Vício da Multi-Tarefa

Março 13, 2011

Multi-tarefa é uma epidemia. De acordo com uma recente pesquisa, estudantes universitários em salas de aula estão abrindo, em média, 65 novas telas – 62% das quais não tem qualquer relação com a aula ou o curso em que estão inseridos. Além disso, ao mesmo tempo estão enviando mensagens de texto e e-mails. 

Não surpreende, portanto, que os pesquisadores tenham encontrado uma relação inversa entre multi-tarefas e desempenho acadêmico. Aprender passa a levar mais tempo, envolve mais erros e pode significar que aquilo que é aprendido não fica retido por tanto tempo.

Obviamente os executivos ao redor do mundo se comportam da mesma forma, na esperança de que, com tantas coisas sendo realizadas ao mesmo tempo, sejam mais produtivos de alguma maneira.

No entanto, as evidências sugerem o contrário. Eis os motivos: 

  • Multi-tarefas é um mito urbano: Cientistas cognitivos já demonstraram que na realidade nunca realizamos multi-tarefas. Nós meramente alternamos tarefas (apesar que de forma muito rápida). E entre cada mudança existe efetivamente um ponto cego. Dados são deixados de lado, negligenciados ou subestimados. Esse também é o motivo pelo qual você não pode ao mesmo tempo dirigir com segurança e falar ou enviar mensagens via celular: sua capacidade intelectual fica pior do que se tivesse ingerido alcool acima do legalmente permitido. Computadores podem estar habilitados a realizar multi-tarefas, a mente, infelizmente, não.
  • Produtividade não é uma função de horas: Consideramos que, fazendo um grande negócio o tempo todo, de alguma forma conseguiremos fazer mais. Esse é o modelo de produtividade da revolução industrial: se você pode fazer 10 trecos em uma hora, pode fazer 100 em 10 horas, certo? Errado! Mesmo na produção, essa teoria não funciona porque você se cansa e acaba comentendo erros. E quando falamos de processamento intelectual, isso fica mais evidente ainda. Na medida em que ficamos exaustos, perdemos a habilidade de discernir e discriminar. Podemos até prosseguir, mas a qualidade de nosso raciocinio declina consideravelmente. Trabalho criativo necessita de equilibrio entre foco e descanso. Este é o motivo pelo qual você pode achar que as suas melhores idéias aparecem quando está dirigindo de volta para casa.

Quebrando o ciclo

É duro quebrar nossos hábitos com relação à multi-tarefa. E mais ainda se tiver um chefe que adora realizar multi-tarefas e que considera que qualquer um que não trabalha dessa forma é um baita preguiçoso. Tem alguma forma de escapar desta situação? Sim. O argumento mais importante para ser vitorioso sobre esta questão é a produtividade.

  1. Se assegure que você é avaliado pelo resultado, não pelas horas. Se for recompensado pela qualidade do trabalho que gera, aí você pode razoavelmente argumentar que a maneira com a qual faz com que o trabalho seja feito é problema seu.
  2. Estabeleça o padrão nas reuniões sob sua responsabilidade: Não utilize o seu BlackBerry. Você vai acabar percebendo que as reuniões podem ser mais curtas se solicitar a todos que não tragam seus celulares.
  3. Não queira evangelizar os demais, mesmo depois de perceber o novo beneficio da mono-tarefa. No final das contas, todos aqueles viciados em multi-tarefas terão que encontrar sua própria forma de se livrar do hábito.

E você? Já se livrou de seu vício em multi-tarefas? Como é que fez isso? Compartilhe nos comentários abaixo.

Conte comigo,

Pablo

Leitura Sugerida:

Por Que Realizar Multitarefas é Ineficiente & O Que Você Pode Fazer Que É BEM Melhor…

Anúncios

27 comentários

  1. Nunca imaginei ler um artigo como este! Tão objetivo e refletindo uma realidade óbvia mas que quase sempre nos passa despercebido. Acredito que esta é a realidade de muitos profissionais, assim como também é a dificuldade que eu encontro atualmente.
    Vivemos na ilusão de que fazemos as coisas em paralelo, mas na verdade enquanto se faz uma coisa todo o resto fica aguardando. Recentemente me deparei com esta situação, um assunto “urgente” provocou o atraso de tudo o mais que também era urgente porque era uma tarefa “braçal” e requeria total dedicação.
    A solução encontrada para não ocorrerem mais casos assim foi a contratação de profissionais que possam executar as tarefas mais “burocráticas”, permitindo ao gestor o “privilégio” de delegá-las e aí sim, conduzir mais trabalhos “simultaneamente”.

    Gostar


  2. LinkedIn Grupos
    Grupo: >>> P.R.O.J.E.T.I.Z.A.D.O <<<
    Discussão: Como Se Livrar do Vício da Multi-Tarefa

    Possivelmente a multi-tarefa está relacionada a necessidade de os jovens se sentirem multi-funcionais, acompanhando o desenvolvimento dinâmico das relações pessoais e profissionais.
    Em minha humilde opinião, todos nós em algum momento acabamos cometendo a mesma falha procedimental e que fatalmente desencadeia como resultado o desvio de foco e/ou certo déficit de atenção em determinado assunto
    Deve ser corrigido..

    Publicado por Felipe Sellera

    Gostar


  3. Pois é Pablo, eu tb gosto de fazer muitas coisas ao mesmo tempo, mas qdo a coisa é séria, como escrever um artigo, me concentro tanto nela q me esqueço até de comer, então esse hábito de fazer muitas coisas ao mesmo tempo não está me prejudicando. Acho q é mais uma agitação, dificuldade de terminar uma coisa p aí começar outra, mas são sempre coisas pouco comprometedoras como assistir a um DVD, ler o jornal etc Abs. Guenia.

    Gostar


  4. Realmente um artigo muito interessante e objetivo.
    A minha maneira de evitar a multitarefa é sempre lembrar que para começar a próxima tarefa tenho que terminar a tarefa atual.

    Mas realmente não é fácil, uma vez que temos que temos varias coisas ou tarefas a serem feitas em um curto espaço de tempo.

    Abs.

    Gostar


  5. LinkedIn Groups
    Group: MBA FGV (1700+)
    Discussion: Como Se Livrar do Vício da Multi-Tarefa
    Acredito que o Gerenciamento de Múltiplas Tarefas seja um atributo necessário de muitos cargos e que precisa ser bem administrado para que nosso trabalho seja eficiente e eficaz. Mas também temos o sábio conselho de Goldratt de que a melhor forma de atravessar vários elefantes por uma porta é colocá-los em fila. Por isso é comum ver empresas que tentam conduzir simultaneamente muitos projetos, pulverizam demais seus recursos de forma completamente aleatória e depois se queixam dos fracos resultados, atrasos de implantação e recuperação deficiente ou tardia do capital investido.
    A falta de FOCO e DISCIPLINA pode ser sem dúvida ser um grave problema.

    Posted by Roberto Seabra da Costa

    Gostar


  6. Este artigo mostra a minha realidade. Interessante que comecei MBA em CMMI pela UNIARA e lá tem alguns artigos sobre qualificar o tempo, pois segundo o artigo, pessoas ocupadas não é igual a pessoas produtivas. Depois que li o artigo e refleti muito o modo de vida que estou levando, resolvi seguir o conselho do artigo de classificar as minhas tarefas, meu tempo, em urgente, importante e circunstancial e pelo artigo, se quisermos ser produtivo, devemos ter menos coisas urgentes e circunstanciais e mais coisas importantes.
    O artigo da MBA não posso compartilhar, pois é fechado, mas dei uma pesquisada e vi o site http://www.triadedotempo.com.br/bnews3/images/multimidia/images/TriadedoTempo-ResumoCap3.pdf que fala um pouco do que o artigo comenta.

    Gostar


  7. LinkedIn Grupos
    Grupo: Setor Elétrico Brasileiro
    Discussão: Como Se Livrar do Vício da Multi-Tarefa
    a multi-tarefa é uma consequência direta do bombardeio de informações (atrações) e e-mails que nos chegam pela Internet o tempo todo. a única forma de controlar é estabelecer uma disciplina (horários) de consulta à internet e e-mail e o interessante desta estratégia é que ela tb indiz o mesmo comportamento nos seus interlocutores, pois se vc só ler e-mails em determinados horários, tb só irá respondê-los nestes horários, o que leva seus interlocutores a tb terem mais ou menos os mesmos horários para receber as suas respostas.

    Publicado por Pedro David

    Gostar


  8. LinkedIn Groups
    Group: Catho Online
    Discussion: Como Se Livrar do Vício da Multi-Tarefa
    Será que não faz parte da cultura das novas gerações….

    Posted by roberta sodre costa leite

    Gostar


  9. LinkedIn Groups
    Group: Universidade Presbiteriana Mackenzie (4000+)
    Discussion: Como Se Livrar do Vício da Multi-Tarefa
    Este é um assunto interessante, principalmente porque as pessoas são diferentes. O paradigma, mais ainda, a realidade de um, não necessáriamente se aplica a outro.

    Eu sou TDAH, e só funciono fazendo diversas coisas simultâneas. Focalizar em um objeto específico, para pessoas como eu, é uma impossibilidade, o que é de difícil compreensão, quanto mais aceitação, por pessoas que não o são.

    Acho que o que realmente importa, não foi como certo curso ou tarefa foram conduzidos, mas o resultado final obtido.

    cada um, da forma que lhe for mais eficiente.

    Posted by Sergio Di Fiore

    Gostar


  10. LinkedIn Groups
    Group: Catho Online
    Discussion: Como Se Livrar do Vício da Multi-Tarefa
    Pablo, pela sua contemporaneidade, considero este um tópico excelente para ser discutido. Este vício da multi-tarefa deve ser algo que preocupa não só a pais e professores, por comprometer seriamente a qualidade de absorção do que deve ser aprendido na escola. Preocupa muito também dirigentes de empresas, que vêem seus funcionários horas a fio em frente a um monitor de computador, mas sem com isso aumentar sua produtividade. Muito pelo contrário, a produtividade cai, pois, ao navegar pelos links em hipertexto, mesmo o profissional mais responsável se vê indo de uma webpage a outra, e quando se dá conta o tempo passou e a tarefa inicial (e principal) ficou para trás! Talvez a solução fosse usar uma inteligência artificial que, ao perceber que a pessoa está clicando em links demais, e saindo do foco, fizesse com que o mouse ou o pad do computador emitisse um choque na mão do incauto… rs (brincadeira, claro!) Mas, brincadeiras à parte, essa navegação tresloucada, quer pelos computadores ou pelos celulares, tentando achar e obter informação de tudo nos sites e nas redes sociais, deve gerar péssimas consequências quando a qualidade de muitos serviços num futuro não muito distante. Isto é preocupante!!!

    Posted by Armenio Vartan Emin

    Gostar


  11. LinkedIn Groups
    Group: BRAZIL IN BUSINESS: Council of Executives, professionals and management. $ VAGAS e OPORTUNIDADES $
    Discussion: Como Se Livrar do Vício da Multi-Tarefa
    Prezado Pablo

    Infelizmente ser “multi”(multitarefa,multidisciplinar etc) é pretenso sinal de capacidade e resultado.
    Diante dessa situação me pergunto: quem é multitarefa,multidisciplinar consegue manter “multifocos”(perdão pela verborragia)?
    Logo isso gera um enorme descompasso entre multiplas funcionalidades para alcançar alguns resultados,quando no fim temos um único objetivo(ou meta como diria Goldrattem seu best-seller):LUCRO PARA ACIONISTAS = RETORNO PARA A ORGANIZAÇÃO.

    Att
    Thiago

    Posted by Thiago Ferreira Querino

    Gostar


  12. LinkedIn Groups
    Group: BRAZIL IN BUSINESS: Council of Executives, professionals and management. $ VAGAS e OPORTUNIDADES $
    Discussion: Como Se Livrar do Vício da Multi-Tarefa
    Algumas áreas profissionais exigem pessoas capazes de “multi tarefar”, então para que livrar-se disso? Sim, o mundo está cada mais multi atarefado, multidisciplinar, multi-profissional, multi profiles, multi vidas. Mas essa epidemia não parece ser mais uma consequência das necessidades de adaptação ao mundo atual e virtual? Os alunos que se distraem em excesso na sala de aula com assuntos irrelevantes ao curso, será que sofrem de DDA? E ainda, será que os professores, em sala de aula, são capazes de manter a atenção dos alunos, com um sistema de educação estimulante?

    Posted by Izabella Mattioli

    Gostar


  13. LinkedIn Groups
    Group: Unesp – Universidade Estadual Paulista “Julio de Mesquita Filho”
    Discussion: Como Se Livrar do Vício da Multi-Tarefa
    Concordo com esta epidemia. Dentro do ambiente corporativo também temos este “fenômeno”. É cada vez mais comum as empresas exigirem que os colaboradores trabalham em vários projetos em paralelo, com qualidade e mantendo os prazos acordados. No entanto, o que podemos encontrar são projetos com fases atropeladas e queda de qualidade na implantação.

    Posted by Eduardo Siqueira Francisco

    Gostar


  14. LinkedIn Grupos
    Grupo: TELECOM BRASIL – Cursos, Vagas, Empregos e Negócios
    Discussão: Como Se Livrar do Vício da Multi-Tarefa
    É a nova geração multitarefa e sem foco que está surgindo. O mercado quer isso???

    Publicado por José Geraldo Silva

    Gostar


  15. LinkedIn Groups
    Group: Alumni Ibmec Brasil
    Discussion: Como Se Livrar do Vício da Multi-Tarefa
    Pablo, o texto reflete mesmo uma tendência “natural” que percebo onde trabalho. A forma que encontro para lidar com isso é manter sempre a vista, fisicamente, uma lista de prioridades dentro do meu planejamento. Tento alternar as atividade prioritárias com as atividades pendentes há muito tempo, desta forma não deixando os assuntos sem conclusão e respeitando as urgências devidas.
    Concordo também que “evangelizar” a equipe nesse sentido é complicado. O que faço é direcionar a cobrança sobre resultados nos pontos mais relevantes, sempre dentro de uma linha geral de ação planejada.
    Estimulando o foco nas questões críticas e planejadas, esse vício da multi-tarefa não desaparece, mas perde consideravelmente sua força.

    Posted by Felipe Albuquerque

    Gostar


  16. LinkedIn Grupos
    Grupo: TELECOM BRASIL – Cursos, Vagas, Empregos e Negócios
    Discussão: Como Se Livrar do Vício da Multi-Tarefa
    A capacidade de poer lidar com vários aspectos daquilo que esta sendo feito, ou mesmo abstrair do foco principal para poder gerar novas idéias, não era o que se buscava com todo o desenvolvimento em termos de business nos anos 90? Agora estamos começando a colher resultados e mazelas. Em qual destas a multitarefa se enquadra? Ou, ainda comentando a pesquisa feita, seriam cursos com aulas com um formato, meios, ferramentas e estrutura de mais de 50 anos?

    Publicado por Valdevino Neto

    Gostar


  17. LinkedIn Grupos
    Grupo: Linked:HR Brasil
    Discussão: Como Se Livrar do Vício da Multi-Tarefa
    De forma bem direta, vamos tentar identificar os ambientes onde pessoas são multi (multi qualquer coisa) e analisar no final do mês a quantidade de projetos abertos, fechados e o quanto ele realmente entregou o que se demandava e com qual qualidade…
    Resumindo, acho que estamos muito interessados em ver as pessoas ocupadas ao invés de ver as pessoas “produzindo”.
    Só para dar um reforço ao meu comentário, os planos de Remuneração Variável nas empresas estão mais focados em pagar pelo objetivo alcançado e não pela sustentabilidade ou qualidade de como ela foi alcançada…(não quero generalizar).
    Será que precisamos viver assim?

    Publicado por Damiao Pastana

    Gostar


  18. LinkedIn Groups
    Group: Networking Rio de Janeiro
    Discussion: Como Se Livrar do Vício da Multi-Tarefa
    Preciso me livrar desta doença… rsrs

    Posted by Wellington Rodney

    Gostar


  19. LinkedIn Groups
    Group: Unesp – Universidade Estadual Paulista “Julio de Mesquita Filho”
    Discussion: Como Se Livrar do Vício da Multi-Tarefa
    Bem…

    Posso assumir minha parcela de culpa. Como engenheiro que sou, desenvolvi muito cedo o que minha mãe chama de “olhinhos dançantes”, ou seja, a dificuldade de manter de forma natural e sem esforço, o foco em uma única coisa/tarefa por tempo prolongado. Estou sempre buscando algo diferente e atento a qualquer movimento ao meu redor. Qualquer coisa que me chame a atenção. É o que chamamos de “meticulosidade”. Nós engenheiros somos “fuçadores” por natureza. Creio que outros profissionais também têm essa característica, mas posso apenas afirmar sobre minha área de conhecimento.

    Quando percebi isso fiquei preocupado. Demorei a entender que isto é comum em pessoas da área técnica (neste caso engenheiros e outras áreas ligadas a tecnologia. Novamente, se outros também a possuem, desconheço e nada posso afirmar). Então passei a domesticar meus instintos, o que exigiu esforço, passando a controlá-lo para o bem da minha carreira. Mas é um trabalho constante. Ainda hoje me vejo “fuçando” coisas diferentes do que eu deveria estar fazendo naquele momento. Distraindo-me. Então retomo à consciência e ao assunto em foco.

    O lado bom é que sempre estou buscando inovar. E como estou atento, tenho sempre muitas opções de resposta ou soluções para problemas. O que é uma vantagem. Mas repito, é algo que exige esforço.

    Posted by Laercio Barbosa

    Gostar


  20. LinkedIn Grupos
    Grupo: Networking da Região Metropolitana de CAMPINAS
    Discussão: Como Se Livrar do Vício da Multi-Tarefa
    Olá Pablo,

    Acredito que isso seja uma questão de foco, objetivo bem definido. Algo que tem sido difícil de trabalhar. Se você acorda de manhã e sabe exatamente o que tem fazer para chegar exatamente onde se propôs a chegar, esse problema teoricamente não deve existir. O exercício de definir e ordenar prioridades é fundamental. Geralmente as pessoas gastam muito tempo com tarefas que não são relevantes ou urgentes e colocam a sua produtividade e eficiência em cheque.

    Publicado por Isabela Mariano

    Gostar


  21. LinkedIn Groups
    Group: BRAZIL IN BUSINESS: Council of Executives, professionals and management. $ VAGAS e OPORTUNIDADES $
    Discussion: Como Se Livrar do Vício da Multi-Tarefa
    Boa noite!

    Li este artigo, que estava postado na comunidade “Clube de Negócios”. Guardei o link e acho que é pertinente a este assunto. De forma resumida, não realizar multitarefas faz com que realizemos as tarefas mais rápido e com mais qualidade. No mundo atual, é impossível não ser multitarefas. Mas será que não exageramos demais? Por exemplo: Falar ao telefone e ler um e-mail, notícia, livro ou assistir à televisão. Ler um livro e ouvir música. E tantas outras coisas que fazemos que poderiam ser feitas separadamente, com mais qualidade e rapidez.

    Não Execute Multi-Tarefas Quando Você Tem Alternativas
    http://www.linkedin.com/news?viewArticle=&articleID=368552466&gid=3106553&type=member&item=43528016&articleURL=http%3A%2F%2Falliancecoaching.wordpress.com%2F2009%2F10%2F15%2Fnao-execute-multi-tarefas-quando-voce-tem-alternativas%2F&urlhash=peE-&goback=.gde_3106553_member_43528016

    Posted by Thiago Secco

    Gostar


  22. LinkedIn Groups
    Group: Alumni Ibmec Brasil
    Discussion: Como Se Livrar do Vício da Multi-Tarefa
    Não creio que mult-task seja um problema… Se bem usado, é uma solução… Tendência natural corporativo do capital humano… Deixando de ser mecânico pra ser mais dinâmico, orgânico, com valor agregado e aquele blá, blá, blá da “evolução da administração”…

    =) Mult-task compromete o foco quando as pessoas permitem-se esquecer dos objetivos…

    Posted by Daniel Massita Tonolli

    Gostar


  23. LinkedIn Groups
    Group: Tecnologia da Informação – TI Brasil
    Discussion: Como Se Livrar do Vício da Multi-Tarefa
    Ilustre Pablo,

    Entendo que o mau costume é a pessoa se tornar excessivamente ansiosa por obter, cada vez mais, um volume maior de informações.

    Prova de que o assunto vem sendo estudado e debatido intensamente é que, ao buscar pela expressão “Information Overload” no Google, o retorno é de “aproximadamente 5.540.000 resultados em 0,23 segundos”.

    Entendo que este é um problema atual da humanidade, mas acho também que a capacidade de lidar com informações varia de uma pessoa para outra, e além disto, dependendo do trabalho que se desempenha, com a prática é possível aumentar a capacidade.

    Abraço!

    @Horacio_IT

    Posted by Horacio Fialho Moreira

    Gostar


  24. LinkedIn Groups
    Group: Rh Automotive
    Discussion: Como Se Livrar do Vício da Multi-Tarefa
    Muito útil !

    Posted by Jose Machado Neto

    Gostar


  25. LinkedIn Grupos
    Grupo: Falando de Varejo
    Discussão: Como Se Livrar do Vício da Multi-Tarefa
    Minha pergunta é simples, desde que entendi o texto, porém a duvida!!! Como fazer Chefe sucessor te livrar da Multi-Tarefa, sendo que isto é o que acontece, não buscamos sozinhos a multi-tarefa e sim somos coibidos a faze-la.

    Publicado por Gilberto Rodrigues

    Gostar


  26. O artigo é de grande utilidade

    Gostar


  27. A quantidade de informações, ou seja, o bombardeio de informações ao mesmo tempo, somando-se a isto a minha ansiedade, faz com que exerça multiplas tarefas ao mesmo tempo, e isto faz com que a margem de erros aumentem consideravelmente pois, não consigo me concentrar.
    E-mails são o maior vilão.
    Obrigado pela matéria.

    Gostar



Expresse sua opinião

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: