h1

7 Coisas Que Os Funcionários Estão Pensando e Sobre As Quais Não Vão Falar

Junho 22, 2011

Todos nós utilizamos “filtros”, especialmente quando nos comunicamos com aqueles que estão acima de nós na selva hierárquica corporativa (À propósito, me mostre um funcionário que diz ao seu chefe tudo o que pensa e te mostro um funcionário que em breve será despedido). 

Tem vezes que uma certa restrição verbal é uma coisa positiva, por outro lado ela acaba impedindo uma compreensão mais ampla do que o funcionário realmente pensa e, mais importante ainda, do que ele precisa.

Aqui seguem 7 coisas que com certeza os funcionários estão pensando, mas sobre as quais quais nunca dirão nada:

  1. “Me dê uma tarefa importante e eu vou saber que você me respeita…” Designando uma tarefa chave a um funcionário é um claro sinal de respeito. Quanto mais importante for o projeto e quanto maior o seu impacto, seja o projeto um êxito ou um fracasso, maior o respeito implícito. Mas por que parar por aí?
  2. “… mas me dê uma tarefa importante na qual eu tenha que me virar para encontrar a solução e aí sim saberei que você confia em mim.” Como um líder, é natural que diga aos funcionários como executar uma determinada tarefa. Afinal de contas, você sabe o que é necessário alcançar e tem claras idéias em relação a como proceder. Designe um projeto sem essa orientação extensiva, ou mesmo uma descrição do passo a passo, e instantaneamente o funcionário sabe que você não apenas respeita as habilidades dele mas também confia na sua criatividade e julgamento. Sentir-se respeitado é ótimo, agora, sentir-se respeitado e saber que confiam na gente não tem preço.
  3. “Na verdade, iria gostar de ficar aqui o resto de minha carreira.” Estatísticas sobre a troca frequente de emprego geralmente recebem um bocado de atenção. Por exemplo, o profissional oriundo da geração baby-boomer tem em média 11 empregos entre 18 e 44 anos. Perdido no meio das estatísiticas está o fato de que a maioria das pessoas não sai por causa da grana e sim por causa da má relação com o chefe. Não assuma que um alto turnover de funcionários é uma realidade no ciclo empregatício. Descubra porque os funcionários querem sair e se aprofunde em tais razões. Funcionários não costumam se interessar em anúncios de emprego a menos que você lhes dê motivos. Poucas pessoas querem a turbulência e o stress referente ao inicio num novo emprego, a não ser que o emprego anterior (e seu chefe) sejam realmente terríveis.
  4. “Aprecio que tenha dado uma paradinha para um bate-papo… mas não vê que isto me deixa atrasado?” Especialmente verdadeiro nos ambientes fabris, isto se aplica em todos os lugares: o chefe dá uma paradinha para bater papo, monopoliza o tempo do funcionário e quando vai embora o funcionário tem que correr atras do prejuízo no cronograma.  Sem dúvida, os funcionários querem que você converse, mas eles também tem tarefas a cumprir. Em alguns ambientes, é fácil reparar tal situação, especialmente se o trabalho envolve tarefas manuais: é só  ajudar enquanto você fala. Não somente o funcionário apreciará o mini-intervalo, mas também o bate-papo vai ser bem menos forçado.  Caso contrário, escolha outro momento. No mínimo, nunca interrompa um funcionário ocupado só porque sua agenda diz que é hora de dar o ar de sua graça dando uma volta no “chão da fábrica”.
  5. “Não ligo para sua vida particular…” Falar sobre assuntos que não de trabalho é uma boa forma de estabelecer vínculo, além de ser base para um relacionamento pessoal, mas sobre o que conversar com alguém que você não conhece bem? Muitos chefes acabam naturalmente falando de si mesmos. Péssima escolha. Os funcionários – especialmente os novos – não tem especial interesse nos seus filhos, seus hobbies ou mesmo nos seus planos para as férias. Não se iluda: eles prefeririam muito mais ouvir sobre como estão desempenhando suas funções.
  6. “…e posso ver que não se preocupa com a minha vida particular.” Perguntas do tipo “Como está a familia?” ou “Algum plano no final de semana?” ou  ainda “E o Corinthians, hein?” são claramente forçadas, ao menos para o funcionário. Isso é especialmente verdadeiro quando se trata dos funcionários mais antigos. Se ao longo do tempo você não conseguiu conhecer um funcionário bem o suficiente para ter conversas minimamente significativas, não tente agora. Atenha-se à temas relacionados ao trabalho. Pense da seguinte forma: coloque o mesmo esforço em conhecer seus funcionários que você colocaria para conhecer um cliente chave e pode ter certeza que estará bem na fita.
  7. “Se importaria de dizer ‘Obrigado’ de vez em quando?” É, eu sei. Funcionários são pagos para realizar um trabalho. O ‘obrigado’ vem na forma dos holerites que eles recebem. Pois fique sabendo que esta é uma meia verdade. Encontre razões específicas para agradecer os funcionários por aquilo que fazem.  Procure por realizações, não importa o quão pequenas sejam, e expresse sua gratidão. “Obrigado por ficar um tempinho além do horário ontem”, “Obrigado por descobrir como entregar o pedido à tempo”, “Obrigado por me deixar a par do problema no banco de dados. Se não tivesse me avisado, quem sabe por quanto tempo teríamos convivido com esse erro”. Dizer obrigado é fácil – e é um excelente motivo para iniciar uma conversa.

Em suma:

    Sempre e quando estiver envolvido em conversas com funcionários, aplique a regra do 4 por 1, ou seja, se assegure que o funcionário fale quatro vezes mais do que você.

Quando fizer isso, ficará surpreso com o que passará a ouvir – e com os  relacionamentos que passará a construir.

Com relação a estas e outras habilidades, conte comigo,

Pablo

Anúncios

26 comentários

  1. Excelentes recomendações que são de fácil execução e não custam investimentos em treinamentos, apenas mudança e/ou adaptação de comportamento do líder.

    Gostar


  2. LinkedIn Groups
    Group: Ética – Profissionais Éticos
    Discussion: 7 Coisas Que Os Funcionários Pensam e Sobre As Quais Não Vão Falar
    Realmente faz sentido, geralmente a maioria dos colaboradores ficam na defensiva em relação aos seus superiores!

    Posted by SERGIO PINTO SILVA

    Gostar


  3. LinkedIn Groups
    Group: Grupo Recursos Humanos Online
    Discussion: 7 Coisas Que Os Funcionários Pensam e Sobre As Quais Não Vão Falar
    Excelente matéria, Pablo! Parabéns! De maneira clara e objetiva você disponibilizou excelentes dicas para alguns empresários que realmente não sabem como pequenas atitudes podem contribuir para que suas equipes se sintam valorizadas.
    Grande abraço!

    Posted by Catia Almeida

    Gostar


  4. LinkedIn Grupos
    Grupo: Setor Elétrico Brasileiro
    Discussão: 7 Coisas Que Os Funcionários Pensam e Sobre As Quais Não Vão Falar
    Muito interessante e relevante o seu texto Pablo. Tive a oportunidade de estar do “outro lado” e suas palavras encaixam-se no receio de que o funcionário tem na hora de expressar uma opinião.
    Obrigado.

    Publicado por João Victor Mapurunga Silveira

    Gostar


  5. LinkedIn Groups
    Group: [Sucesso Sustentado] Qualidade, Gestão de Riscos e Responsabilidade Social
    Discussion: 7 Coisas Que Os Funcionários Pensam e Sobre As Quais Não Vão Falar
    Excelente artigo!
    A marca mais poderosa é aquela que tem o respeito como um valor intríseco e palavras mágicas, como o Obrigado por exemplo, é o reflexo desse valor para com o próximo, independentemente do nível hierárquico ou da condição sócio econômica. Grata por compartilhar.

    Posted by Alessandra Prado

    Gostar


  6. LinkedIn Grupos
    Grupo: Comunicação Interna – Brasil
    Discussão: 7 Coisas Que Os Funcionários Pensam e Sobre As Quais Não Vão Falar
    “Sentir-se respeitado é ótimo, agora, sentir-se respeitado e saber que confiam na gente não tem preço.”
    E tem que ser de mão-dupla.
    Bom texto.

    Publicado por Karla Miranda

    Gostar


  7. É difícil separar as opiniões pessoais com o que a gerência pensa a seu respeito,pois tem os supervisores que podem avaliar negativamente seu desempenho,afinal ele não tem relação direta com o funcionário,como ser transparente,nas grandes empresas existe a ferramenta de avaliiação ,mas rarameent é considerado para um melhor feedback com a gereência.

    Gostar


  8. LinkedIn Groups
    Group: Psicologia Organizacional
    Discussion: 7 Coisas Que Os Funcionários Pensam e Sobre As Quais Não Vão Falar
    Excelente, Pablo!
    Incrível como esses equívocos observados em comportamentos de líderes – tão recorrentes, passam despercebidos no cotidiano.
    Esse teu artigo trata o assunto com objetividade, favorecendo muito a reflexão a respeito.

    Posted by Angeli Matias Teixeira

    Gostar


  9. Muito bom mesmo. É importante sim, enfatizar que o mais importante é exercer a Gestão “com” Pessoas e não a Gestão “de” Pessoas. Esse é o verdadeiro foco para uma Gestão composta por profissionais motivados e valorizados e o papel do Gestor é fundamental para alcançar esse resultado.

    Parabéns pelo texto Pablo.

    Gostar


  10. LinkedIn Groups
    Group: Novos Planos – Empregos e Vagas Vip
    Discussion: 7 Coisas Que Os Funcionários Pensam e Sobre As Quais Não Vão Falar
    Fantástico o espaço, muitos artigos importantes para um carreira com gestão de pessoas e gestao de resultados! Parabéns!
    Augusto Silveira
    Belém-PA

    Posted by Augusto Silveira

    Gostar


  11. LinkedIn Groups
    Group: CIO Brasil.
    Discussion: 7 Coisas Que Os Funcionários Pensam e Sobre As Quais Não Vão Falar
    Muito interessante o artigo. Já ouvi e li muitas teorias sobre como relacionar-se com seus colaboradores e a cada dia credito que precisamos realmente construir relacionamentos. O distanciamento entre o líder e o colaborador não ajuda em nada a produtividade e quando este tem outra oportunidade de trabalho, ele não pensa muito para sair da empresa, porque não existe uma relação de confiança construída. Nós que somos líderes precisamos realmente conquistar a confiança dos nossos liderados para os mesmos confiem em nós.
    Abraço a todos.

    Posted by Pablo Giordano Oliveira

    Gostar


  12. LinkedIn Grupos
    Grupo: Setor Elétrico Brasileiro
    Discussão: 7 Coisas Que Os Funcionários Pensam e Sobre As Quais Não Vão Falar
    Paulo, realmente o texto se encaixa perfeitamente do ponto de vista do funcionário, porém foram poucos os líderes que conheci que se sentem encorajados a agir conforme o texto. Entendo que a Gestão de Pessoas está melhorando, porém penso que ainda temos muito a caminhar.

    Publicado por João Norberto dos Santos Ribeiro

    Gostar


  13. Excelentes ponderações. Tenho 42 anos, passei pelo menos por umas 13 empresas dos meus 24 anos de jornada de trabalho. Reconheço que inicialmente minha imaturidade foi determinante para o meu turnover, contudo, por 10 anos pelo menos, o problema principal foi o desinteresse dos empregadores em investimento pessoal dos seus funcionários, bem como, a composição dos cargos de chefia que eles formavam, geralmente ruins como seres humanos.
    Hoje, sinto-me mais confortável no meu emprego, apesar de ainda ter passado por algumas mudanças nos últimos 5 anos, foram todas melhorando qualificação e renda.
    A visão empresarial brasileira, mesmo em passos de tartaruga, vem melhorando o cenário de relação com o trabalhador, pelo menos com o meu nível de conhecimento.
    Parabéns, e $uce$$o.
    Cordialmente,
    Marcelo Cunha.
    Técnico Químico II
    Lubrizol Brasil Aditivos Ltda
    (21) 2762584/27625839

    Gostar


  14. Execelentes observações, muito obrigado por entender uma “minoria” e traduzir, de forma simple, uma relação muito complicada. Espero também que o texto encontre e motive muitos dos que estão “acima de nós”. (Termo depreciativo se não fosse quase uma verdade)

    Gostar


  15. LinkedIn Groups
    Group: CIO Brasil.
    Discussion: 7 Coisas Que Os Funcionários Pensam e Sobre As Quais Não Vão Falar
    Muito interessante…uma empresa é constituída por pessoas, e quando passamos a conhece-las, e entende-las é certo que melhora o relacionamento e por consequencia os resultados.

    Posted by Walter Francisco

    Gostar


  16. LinkedIn Groups
    Group: Ética – Profissionais Éticos
    Discussion: 7 Coisas Que Os Funcionários Pensam e Sobre As Quais Não Vão Falar
    Excelente, Pablo!
    Estou compartilhando com meu network.

    Posted by Renato Salles 1900+

    Gostar


  17. LinkedIn Groups
    Group: Psicologia Organizacional
    Discussion: 7 Coisas Que Os Funcionários Pensam e Sobre As Quais Não Vão Falar
    A matéria é muito interessante, mas fico me perguntando; a grande maioria dos lideres, senão todos, já foram funcionários subalternos e já fizeram essas perguntas para eles mesmos, então por que não praticam quando chegam lá ??, seria comodismo, revanche, o dito se eu passei eles tem que passar….Estamos atravesando um longo período de méritos para quem é mais esperto e não de quem é mais inteligente/envolvido ???

    Posted by Rui Rodrigues dos Santos

    Gostar


  18. LinkedIn Groups
    Group: Ética – Profissionais Éticos
    Discussion: 7 Coisas Que Os Funcionários Pensam e Sobre As Quais Não Vão Falar
    Faltou uma oitava frase que os funcionários nunca diriam.

    “Estou sendo muito bem pago pelas tarefas que realizo.”

    Posted by caroline corneta

    Gostar


  19. LinkedIn Groups
    Group: Ética – Profissionais Éticos
    Discussion: 7 Coisas Que Os Funcionários Pensam e Sobre As Quais Não Vão Falar
    Excelente o artigo… recomendo àqueles que ainda não leram que o façam.

    Posted by Roberto Abreu

    Gostar


  20. LinkedIn Groups
    Group: MBA FGV (1700+)
    Discussion: 7 Coisas Que Os Funcionários Pensam e Sobre As Quais Não Vão Falar
    Pablo, muito bom este tema, concordo com o ponto de vista, os funcionários não devem deixar de expor suas idéias, mas deve tomar cuidados com o que diz para seus superiores hierarquicos, pois ponto de vista pessoal pode divergir com idéias coletivas e isto pode desgradar alguem e trazer resultados negativos.

    Posted by Jair Silva

    Gostar


  21. LinkedIn Grupos
    Grupo: Publicidade e Propaganda
    Discussão: 7 Coisas Que Os Funcionários Pensam e Sobre As Quais Não Vão Falar
    Muito bom. Ainda não tenho tanta propriedade para falar sobre o resto, mas é muito gratificando quando ocorrem as duas primeiras e a última coisa. Parabéns!

    Publicado por Angélica Lopes

    Gostar


  22. Existem líderes que “aprendem esta lição”, ou seja: utilizam suas experiências nas fases hierárquicas anteriores, potencializando sua figura de liderança. Estes, são os mais bem sucedidos no mundo corporativo, e fazem a diferença.
    Abraço!

    Gostar


  23. Excelente matéria. Com certeza enriquece Pablo!

    Gostar


  24. Pablo, excelente matéria! Posso dizer que passei por isso a pouco tempo, tive um VP que ninguém suporta e acabei dizendo algumas verdades a ele, imagina, estou procurando uma nova colocação. Infelizmente temos aqueles que merecem estar lá e aqueles que não sabem a que vieram; isso continuará existindo em todas as organizações.

    Gostar


  25. Boa Tarde Pablo

    Gostei muito da matéria, pois no que diz respeito a liderar pessoas nunca sabemos o bastante; e sempre vale a máxima que ouvir agrega mais que falar.

    Emerson

    Gostar


  26. Reflexões como esta, me faz retornar a tudo que aprendi om o livro o Monge e o Executivo.
    Parabens, voce como pensador estratégico é brilhante, certamente a sua trajetória profissional é cheia de realizações
    David rafael da Prisma Assessores – RJ

    Gostar



Expresse sua opinião

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: