h1

Trabalho Chato, Aqui vai o Meu Adeus! (Fui!)

Junho 20, 2012

Publicado na Revista VOCÊ SA de Junho: um estudo com mais de 3.000 executivos de 31 países no início deste ano constatou que 59% dos homens e 57% das mulheres estão insatisfeitos com o trabalho. Os principais motivos são conhecidos: falta de oportunidade de crescimento, falta de um plano de carreira e falta de equilibrio ente vida pessoal e profissional. Ou seja, a maioria das pessoas não gosta das condições em que trabalha e se sente desmotivada. Diferententemente do passado, nos últimos anos os insatisfeitos estão se rebelando contra a chatice do trabalho. Mas o que você pode fazer para romper com seu emprego?

Você tem o poder de criar mudanças positivas e significativas. Pois é… e somente há 2 coisas nas quais pode aplicar este poder: mudando a Si Mesmo ou mudando o Cenário.

Mudar a Si Mesmo significa mudar em você tudo aquilo que está sob o seu controle.

Mudar o Cenário se refere a mudar qualquer uma das forças que influenciam a sua vida que não seja você mesmo. Por exemplo, outro individuo, um grupo de pessoas, o trabalho, o local, um relacionamento, ou mesmo os resultados de uma escolha que fez no passado e que necessita ser desfeita. Basicamente é tudo aquilo que não é você.

A escolha de mudar o cenário ou a si mesmo cabe a você e, sem dúvida, pode ser difícil determinar qual é o melhor caminho a trilhar. Muitas vezes acabamos fazendo a escolha errada e tentamos mudar o Cenário quando na realidade devíamos estar mudando algo sobre nós mesmos, ou vice-versa…

E então? O que fazer quando detesta o seu trabalho?

Existem 5 opções:

1. Não faça nada. Aguente a situação firmemente. Mantenha o status quo, optando por permanecer miserável ao invés de tentar ser feliz. Escolha fazer um trabalho sem significado algum ao invés de um trabalho significativo. Aqui não há mudança de forma alguma.

2. Encontre um outro trabalho. Abandone seu detestável empregador e procure um novo ambiente de trabalho. É arriscado, na medida em que nunca vai saber se o novo trabalho vai dar certo e se o novo empregador vai ser diferente do anterior. Mas isso é pura mudança de Cenário. E cá entre nós, se a situação está preta, vale a tentativa.

3. Altere a sua atitude perante a companhia. Tente encontrar novas e melhores maneiras de interagir com os seus colegas. Faça um ajuste mental e tente fazer as pazes com o Cenário. Isso é mudar a Si Mesmo.

4. Positivamente e proativamente mude seu ambiente de trabalho. Seja reverente com quem decide, mas também desafie a liderança nas questões importantes. Faça a diferença no ambiente de trabalho. Respeite as decisões finais que não podem ser modificadas e tome consciência que pode influenciar as decisões que estão evoluindo e que podem ser alteradas.

5. Reclame e choramingue bastante, como que se materializando os seus ressentimentos em relação aos seu empregador, isso fosse milagrosamente inspirar a companhia e a sua liderança a mudar. Acredite ou não, é o que muitas pessoas fazem. Nunca vi isto dar certo e também dúvido que você tenha visto.

Mudar a Si Mesmo não é necessariamente melhor do que mudar o Cenário – nem o contrário é verdadeiro. Vai depender da situação. Entretanto, uma vez que esteja consciente desse dilema “Si Mesmo ou Cenário”, você vai começar a enxergar sua manifestação em todo lugar do seu dia-a-dia, tanto em situações de trabalho quanto pessoais. E uma vez que tomada a decisão de mudar a Si Mesmo ou o Cenário, vai perceber o quanto uma escolha que respeita a sua essência pode afetar a sua felicidade para melhor.

Para estas e outras questões do dia-a-dia corporativo, conte comigo.

Pablo

Anúncios

4 comentários

  1. Sempre fui a favor da opção “2” (encontre outro trabalho) e repudio a opção “5”.
    Já trabalhei em multinacionais renomadas (AMBEV, DELL e outras) e uma coisa posso afirmar: não há como ir contra a “cultura” da empresa. Então, não perca mais tempo e acredite na sua capacidade e qualificação e, caso esteja infeliz, parta “sem medo” para novos desafios.

    Gostar


  2. No inicio desse ano estava passando exatamente pela situação descrita, não suportava mais o ambiente de trabalho, e há 2 anos já vinham tentando efetuar mudanças no cenário, até que não dava mais e me desliguei da empresa. Em pouco tempo arrumei outro trabalho, mas ainda dentro do periodo de experiencia constatei que não era exatamente o que queria e me desliguei. Agora estou a
    procura de nova oportunidade.

    Gostar


  3. Eu sempre tento começar com uma mistura de 3 e 4, e se isto não surtir efeito – e só ai – ir para a opção 2…

    Gostar


  4. Posso falar com conhecimento de causa: larguei 3 empregos pois não estava feliz, não fazia o que gostava e era um frustrado!
    Outros dois empregos, eu larguei por causa de salário (que eram ofertas realmente irrecusáveis).
    Não me arrependo de nenhuma das decisões, pois só me fizeram crescer e ficar feliz por ter este tipo de atitude. E não podia mudar o ambiente, pois os costumes já estavam muito arraigados na cultura das empresas (dois bancos e uma administradora de imóveis). Assim sendo, quem tinha que mudar era eu. Aceitei a situação durante um tempo, mas chegou uma hora que não dava mais.
    No emprego atual, estava com alguns problemas no ano passado (na verdade, problemas pessoais que refletiam no profissional e criava um círculo vicioso). Pedi demissão em outubro, tirei umas merecidas férias (depois de 6 anos trabalhando direto) e, ao final de quatro meses descansando, fui convidado a voltar, sob outras condições (notadamente melhores).
    Aceitei e aqui estou.

    Vale a pena buscar o que te faz bem. Não se acomode! Não vale a pena…

    Gostar



Expresse sua opinião

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: