h1

Trabalhando em Prol de Possibilidades Maiores

Junho 26, 2012

Neste final de semana tive a oportunidade de participar do Fórum Landmark e a série de reflexões pelas quais passei me inspirou a escrever este post. As mensagens que capturei são deveras sgnificativas e não podia deixar de compartilhar um insight específico junto à minha rede de e-leitores.

Pergunto: como seria se o trabalho não fosse apenas trabalho? Como seria se trabalhar fosse uma forma de vivenciar e compartilhar possibilidades maiores?

Tenho a impressão que há uma falsa percepção na nossa sociedade: de que para fazer o bem temos que largar nosso trabalho e dedicar-nos a solucionar a fome mundial, alimentar os sem teto, mudar para a Africa ou mesmo criar uma ong para fazer caridade.

Enquanto que essas são todas causas nobres e que várias pessoas se predispõem a levar adiante exatamente essas iniciativas, para muitos de nós  possibilidades maiores podem ser encontradas no aqui e no agora, no cerne dos trabalhos que exercemos, ou seja, bem debaixo de nossos narizes. E quando encontramos e vivenciamos essas possibilidades maiores, elas vão nos fornecer o combustível necessário para uma vida plena e poderosa.

Talvez você não tenha a oportunidade de construir bibliotecas ao redor do mundo, mas certamente pode estabelecer maiores possibilidades lendo para seus filhos. Talvez você não alimente os sem teto todos os dias, mas pode nutrir seus funcionários e clientes  com um sorriso, um elogio e atenção incondicional. E enquanto não pode criar sua própria ong, pode certamente lançar iniciativas de caridade no trabalho. Afinal de contas, entendo “caridade” como “compaixão em movimento”. Em suma: você pode fazer a diferença todo dia e tocar os corações de todo mundo que encontra ao longo de seu caminho.

Enquanto essas pessoas podem não estar famintas em virtude da falta de comida, você pode lhes oferecer um tipo diferente de nutriente, que vai alimentar as suas almas e que, no processo, também a sua sairá fortalecida.

Ouvi falar sobre um zelador que trabalhara na NASA que, embora estivesse continuamente esfregando o piso, ele criara a possibilidade de estar contribuindo para colocar o homem na lua.

Encontrei um motorista de onibus que criara a possibilidade de ajudar as crianças a ficarem longe das drogas.

Encontrei também uma assistente administrativa que havia se tornado a Vice-Presidente de Energia de sua companhia.

Recebi um email de um profisssional da área de financiamentos que via sua função como uma maneira de ajudar casais a salvarem seus casamentos mantendo seus bens.

Conheci uma atendente chamada Eliane que trabalhava numa lanchonete do aerorporto de Curitiba e que fazia centenas de viajantes sorrirem todos os dias. A lista daqueles que redefinem a natureza do que é possível é infinita…

Pessoas comuns que criaram possibilidades incomuns para si e para os outros.

Em qualquer atividade, inúmeras  possibilidades aguardam que as encontremos e que as vivenciemos.

Não posso lhe dizer que possibilidades lhe esperam, mas posso lhe contar que cada um de nós pode criar maiores possibilidades no trabalho que exercemos.

Posso lhe contar que cada trabalho, não importa o quão sofisticado ou chato ele possa parecer, se tornará mundano se assim permitirmos.

As possibilidades que podem ser abertas podem mantê-lo continuamente revigorado e, quando as possibilidades são inúmeras, nos conectamos firmemente a uma fonte inesgotável de energia.

Não espere até que possa ir à Africa para começar a criar uma vida extraordinária. Não espere até o final de semana para alimentar as pessoas que estão famintas. Crie as inúmeras possibilidades no trabalho, comece a desenhar o seu futuro a partir de suas escolhas e nutra os demais ao longo do processo.

Compartilhe abaixo seu ponto de vista sobre criar e vivenciar um futuro da forma como você realmente quer.

Pablo

Anúncios

2 comentários

  1. Muito boa reflexão. Na verdade esperamos poder fazer algo grandioso e não enxergamos que grandioso é sorrir, é dar o aperto de mão, é ver a possibilidade do belo e bom em tudo e todos. Creio ser o maior desafio para os administradores trazer este tipo de atitude primeiro para dentro de si, depois para sua organização, seus clientes e fornecedores. Acredito na corrente do bem. O importante é dar o primeiro passo e não desistir dos próximos.
    Abraço e parabéns.
    Dirceu

    Gostar


  2. Pablo,
    Excelente reflexão. Agradeço por compartilhar.
    As vezes queremos realizar algo grandioso e somos imobilizados pelas dificuldades, quando na verdade as possibilidades estão bem ao nosso lado.
    Eu tenho um lema pessoal, que com certeza li em algum lugar e me apropriei, que diz: Faça o bem, sem olhar a quem.
    O sorriso, o toque, um olhar, mesmo que para desconhecidos faz a diferença.
    Tenho cada dia mais a certeza de que a resposta para tudo está na simplicidade do agir, quando colocamos o sentir em tudo que fazemos.

    Paz e Luz,
    Deise Cerqueira

    Gostar



Expresse sua opinião

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: